Patos e gansos devem ficar no Santa Leonor?

(Atualizado em: 30 de junho de 2017)

Na minha opinião sim! Porque sabendo explorar isso, pode transformar o Parque da Santa Leonor em mais ponto turístico da cidade. Vide o caso das capivaras em São José do Rio Preto.

Contudo, é necessário fazer o controle sanitário do local, pois no local continham inclusive galinhas e pombos. Durante o governo interino tive a oportunidade de conversar com o secretário de obras e serviços, à época, José Antônio e tanto ele como a vigilância sanitária alertavam pela superlotação de animais na represa.

O caso só tomou a proporção que tomou devido o ‘jeitinho espalhafatoso’ da vereadora em primeiro mandato Ester Maria Sezalpino Mioto (PSD). Ela levou para a câmara a prática truculenta que a fez conhecida no meio policial. E no poder público, de modo geral, nada pode ser levado a ferro e fogo.

Todos nós somos legalistas e queremos ver as leis sendo cumprida. Todavia existe questões que podemos rever com o tempo. Para se ter uma ideia – nosso código de postura é de 1989, na gestão do então prefeito Sinoel Batista. Por isso mesmo, acredito que leis norteadoras como essa devem passar por uma revisão de tempos em tempos.

E nos últimos anos, os patos e gansos da represa estão embelezando o parque Santa Leonor. Pois, até pouco tempo atrás, o local foi por muitos anos esquecido pela administração municipal. Agora que a população está frequentando o espaço, principalmente, para praticar esportes e que os investimentos chegaram com instalações de academias ao ar livre e placas indicando a metragem do percurso de caminhada/corrida é que os governantes ficaram atentos.

Pelo simples fato das pessoas se apropriarem do local é que houve grande mobilização e manifestação. E tudo que envolve a coletividade – os políticos, principalmente, aqueles que nos representam na Câmara dos Vereadores, devem ficar atentos com que a rua está dizendo, afinal, ali (poder legislativo) deve ser a caixa de ressonância da sociedade. E a população está clamando por espaços públicos!

Porém, a maioria de nossos vereadores discutem os assuntos na superficialidade do problema. Devemos sim, discutir exaustivamente esse assunto para chegarmos num denominador comum, não só em relação aos patos e gansos do Parque Santa Leonor, que devem permanecerem por lá, mas, também dos milhares de animais abandonados pela cidade.

Quero saber sua opinião sobre isso! Sinta-se à vontade de escrever ela aqui em baixo.