fbpx

PITACOS #53 – Verdades sobre a sabatina e candidato que não apoia a juventude

DECEPCIONANTE
Muitos me conhecem pelo trabalho que desenvolvo com a juventude. Milito na área das PPJs (Políticas Públicas de Juventude) há nove anos, construindo com momentos de reflexão e discussão, como, as conferências e o Fórum Paulista de Juventude, no qual, até pouco tempo atrás era seu articulador geral. Mas, o que aconteceu nesta quarta-feira (28), durante a ‘Sabatina da Juventude’ foi algo decepcionante.

SABATINA
Nós, do Conselho Municipal de Juventude de Penápolis, preocupados com discussões acerca dos mais de 14 mil jovens penapolenses, criamos um calendário de ações desde o início do ano que incluía estimular os jovens, principalmente, das escolas públicas e particulares, e com idade entre 16 e 17 anos, a tirarem o título de eleitor. O segundo e creio que o mais importante momento era um debate (que se transformou em sabatina) com os cinco candidatos a prefeito.

MAS…
Mesmo que a Diretoria de Ensino de Penápolis fazendo parte do Conselho Municipal de Juventude (aqui vale uma nota para dizer que estranhamente, desde que esse novo dirigente entrou, não houve mais a participação ativa da DE nas discussões do conselho), desde o início das tratativas para esse evento vem nos boicotando, dando-nos o duro golpe: proibindo a participação de centenas de estudantes das escolas públicas estaduais durante o evento.

JUSTIFICATIVAS
Desde o começo, foram as mais diversas justificativas esfarrapadas que a diretoria nos dava. Primeiro é de que os alunos dos terceiros anos, cerca de 390 estudantes, participariam do Saresp (Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo) e que eles estariam se preparando para a prova, porém, a avaliação será no fim de novembro. Depois, desculpas como os diretores estão resistentes com a ideia, mudando posteriormente, para semana de provas, viagens com os alunos e outras atividades.

VERDADE
A verdade é que esse semana, hoje por exemplo, começam a arrumar as sessões eleitorais. E portanto, é uma semana ‘perdida’ para a rede de ensino. Tanto é que teve escola que programou viagem com os terceiros anos para o Morro do Diabo, universidades da região. O mais incrível é que no afã, de conseguirmos público, fomos nas escolas estaduais pedir a liberação de alguns alunos para acompanhar o evento e o que ouvimos foi: Temos ordens expressas para não liberar alunos para esse evento.

FORMAÇÃO
Isso demonstra claramente a política educacional do Estado de São Paulo, que não pretende estimular em seus alunos, momentos de reflexão crítica da sociedade ainda neste momento que estamos decidindo os próximos governantes de nossas cidades. Essa resistência nada mais é do que não quer incluir em seu currículo a importância do debate democrático na formação política/pedagógica dos alunos.

ENTENDEMOS
Com esse episódio entendemos que a direção da Diretoria de Ensino está única e exclusivamente preocupados em melhorar a nota do Saresp, para que quiçá sair ‘bonitinho na foto’ entre as melhores diretorias do Estado, em detrimento da formação político/social/pedagógica de cada um dos cidadãos/estudantes.

VELHA
Essa é a velha e conhecida política educacional que se potencializou na gestão do candidato a vice-prefeito pelo PT da capital paulista, Gabriel Chalita, que outrora foi o Secretário de Educação do Estado de São Paulo e responsável por instituir a maldita progressão continua. Mas, as más gestão culminou no ano passado, com outro descalabro educacional: a reorganização escolar.

DIÁLOGO OU A FALTA DELE…
A falta de diálogo fez com que ‘pipocasse’ centenas de manifestações de pais e alunos por todo Estado. Em São Paulo, por exemplo, tivemos as ocupações de escolas e por aqui passeatas e abaixo-assinados entregues no Ministério Público. A Câmara de Penápolis organizou uma audiência pública sobre o assunto com todos os envolvidos e o único que fugiu do debate, foi o mesmo que golpeou a juventude a não dialogar políticas públicas com os candidatos a prefeitos. Ah que saudades da Sueli Bonfietti!

PACTO
Mesmo não tendo o espaço de diálogo com os prefeitos, nós, do Conselho Municipal de Juventude, cumprimos nosso papel e pedimos aos candidatos a prefeito a assinarem o Pacto da Juventude (documento de compromisso com a pauta dos jovens penapolenses.

PACTO II
Dos cinco candidatos, quarto assinaram o Pacto da Juventude – Célio de Oliveira (PSDB), Adão da Saúde (PT), Caíque Rossi (PT) e Carlinhos Baiano (PSB). O único a não assinar e assim a não se comprometer com as propostas e compromissos dos mais de 14 mil jovens penapolenses foi Ricardo Castilho (PV). O curioso é que a juventude verde, principalmente, em nível nacional, liderada pela minha amiga/irmã Mariana Perin é uma das mais combativas, estando a frente de discussões importantes da juventude brasileira.

Até lá. Alguma sugestão, crítica ou elogio mande para ricardo@blogdofaria.com.br. E acesse: www.blogdofaria.com.br

PITACOS #52 – Sabatina da Juventude

Sabatina
Pela primeira vez, o Conselho Municipal da Juventude, organizará uma Sabatina da Juventude com os candidatos a Prefeito de Penápolis. O evento será no próximo dia 28 de setembro, a partir das 8h, no Teatro Lúmine. E tem como objetivo discutir as questões relacionadas as políticas públicas voltadas para os mais de 14 mil jovens penapolenses de idade entre 15 e 29 anos. Isto é, cerca de aproximadamente 25% da população total do nosso município.

Ideia
Em abril, o Conselho Municipal de Juventude elaborou o calendário de ações para este ano. Entre as ações que se referem ao processo eleitoral, o conselho visitou todas as escolas estaduais do município, juntamente com o chefe do Cartório Eleitoral, da 87ª Zona Eleitoral em Penápolis, Samuel Pereira. Foram certamente mais de 100 títulos de jovens de 16 e 17 anos, que ainda não possui a obrigatoriedade de votar.

Regras
Na manhã de ontem (15), os representantes dos cinco candidatos a prefeito – Adão da Saúde (PT), Caíque Rossi (PSD), Carlinhos Baiano (PSB), Célio de Oliveira (PSDB) e Ricardo Castilho (PV), estiveram na sede do INTERIOR Penápolis (local neutro), para discutir as regras da Sabatina, bem como, para decidir a ordem de apresentação de cada um dos candidatos.

Tempo
Ficou acertado que cada candidato terá 30 minutos para apresentar suas propostas ao jovens, sendo que, destes os cinco primeiros minutos serão para apresentação, dez minutos com perguntas dos Conselho Municipal de Juventude, treze minutos de perguntas da plateia e dois minutos para as considerações finais. Para otimizar o tempo e proporcionar maiores questionamentos, tanto o Conselho, como a plateia terá 1 minuto para a pergunta e o candidato terá dois minutos.

Ordem
A ordem que foi definida em sorteio ficou assim: O primeiro será o candidato Carlinhos Baiano (PSB), das 8h10 às 8h40. O segundo candidato, já a partir das 8h50 às 9h20, será o vereador Caíque Rossi (PSD). O atual prefeito e candidato a reeleição Célio de Oliveira (PSDB), entrará na sabatina das 9h30 às 10h. O quarto a ser sabatinado será Ricardo Castilho (PV), das 10h10 às 10h40. E o último da sabatina será o candidato do PT, Adão da Saúde. Ele será das 10h50 às 11h20.

Pacto
Nos intervalos de uma sabatina para a outro, o Conselho Municipal de Juventude convidará os candidatos a prefeito a assinarem o Pacto da Juventude. O Pacto é um documento com as propostas de cada um dos eixos estabelecidos pelo Estatuto da Juventude. Entre eles estão, Participação, Educação, Trabalho, Diversidade, Saúde, Cultura, Comunicação, Esporte e Lazer, Meio Ambiente, Território e Mobilidade e Segurança e Paz.

Propostas
Entre as propostas no Pacto da Juventude está a efetivação da Coordenadoria Especial de Políticas da Juventude, na Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Juventude; Aumentar os valores e ampliar o acesso ao Auxílio Combustível para jovens que estudam em cidades próximas como Araçatuba, Birigui e Lins; Criar editais de cultura, especificando uma parcela de vagas para jovens de 15 a 29 anos; Programa municipal de valorização de atletas penapolenses e a criação de ciclovias e ciclofaixas em todo o municípío de Penápolis.

Proibições
Ficou estabelecido ainda que não será permitida a entrada de cabos eleitorais com camisetas, bandeiras e/ou materiais de campanha. Além disso, será permanentemente proibido que o candidato faça referências ou citações ofensivas aos seus concorrentes e que; a plateia façam qualquer tipo de manifestações, como vaia ou aplausos.

Integrantes
Cada candidato terá o direito de levar quatro integrantes de sua coligação, sendo uma vaga para o vice-prefeito e três vagas para os assessores mais diretos. O Conselho disponibilizará ainda o espaço do camarim do Teatro Lúmine para que os candidatos e seus assessores possam esperar o horário de sua apresentação. Os lugares serão reservados pelo Conselho Municipal de Juventude. Caso candidatos a vereador apareçam por conta ficarão em pé, pois, a prioridade de assento será para o jovem.

Expectativas
A expectativa é que todos os candidatos a prefeito de Penápolis estejam abertos para além de ouvir os jovens, fazer propostas condizentes com a realidade atual de nosso município e da nossa juventude. Do outro lado, esperamos que os jovens estejam dispostos para ouvir as propostas e no dia 2 de outubro, votar consciente de acordo com suas convicções e principalmente pelo compromissos assumidos com os mais de 14 mil jovens.

Até lá. Alguma sugestão, crítica ou elogio mande para ricardo@blogdofaria.com.br. E acesse: www.blogdofaria.com. br1616

PITACOS #51 – Golpe instituído no Brasil!

Dia 31…
Infelizmente, o dia 31, ficará novamente marcado por um fato triste na recente história brasileira. Foi exatamente neste dia, mas, do mês de março de 1964 que culminou com o Golpe de Estado dos Militares e que até tempos atrás o Folha de São Paulo insistia em dizer que foi ´ditabranda´. Agora, após um ´gap´ de 52 anos, novamente a democracia brasileira foi golpeada. Não pelas mãos dos militares, mas, pelas mãos daqueles que não souberam perder nas urnas.

Institucional
Ficou claro que houve Crime de Responsabilidade Fiscal e que o julgamento de ex-presidenta Dilma Rousseff foi estritamente político. Tanto é, que após a votação, muitos diziam que no futuro a história revelaria o que aconteceu em agosto de 2016. Mas, apenas uma hora depois, um dos senadores que votaram ´SIM´ – Acir Gurgacz (PDT/RO), confirmou em vídeo que não houve crime e que seu voto baseou-se na ´falta de governabilidade´ para justificar seu voto. Isso não é um golpe institucional?

Golpe (ao contrário)
Muitos dos senadores que votaram pela cassação de mandato de Dilma Rousseff, diziam logo após a votação, que o fato de separar a inelegibilidade do ´crime´ era um golpe para livrar a ex-presidenta da punição. Em tese estão corretos, mas, como contrariar decisão do presidente do Supremo Tribunal Superior, Ricardo Lewandowski, que em tese, detém o conhecimento jurídico para tal? Se Lewandowski deu o aval, como pode ser golpe? No final, Dilma não ficou inelegível e pode assumir postos públicos nos próximos oito anos.

Posse
Decretando o impeachment de Dilma Rousseff, Temer cogitou ir do Palácio do Planalto ao Senado Federal a pé. Mas, logo foi dissuadido da ideia. Por quê? Mas, o que mais me chamou a atenção foi que ao lado de Temer [Renan Calheiros, Romero Jucá, Beto Mansur, Rodrigo Maia e Waldir Maranhão] possuem juntos 76 ocorrências judiciais.

Pronunciamento
Já como Presidente da República empossado, Michel Temer fez seu primeiro pronunciamento oficial. Nele disse ser necessário fazer a reforma previdenciária, além disso, “modernizar” as leis trabalhistas. Sinceramente, o brasileiro terá de ficar de olho aberto, senão, perderemos num passe de mágica alguns direitos arduamente conquistados. Teremos de ficar em vigia constante. Porque como minha mãe diz: Temer é um lobo em pele de cordeiro.

“As asinhas de fora”…
Já ouviram falar neste ditado: “já tirou as asinhas de fora”? Pois bem, Temer já o fez uso. Ele durante a primeira reunião ministerial como presidente efetivo disse para os ministros responderem aos insultos de “golpistas”, dizendo: “golpista é você que é contra a Constituição” e continuou “Não vamos levar desaforo para a casa”.

Anulação
Já na manhã de ontem (1º), a defesa de Dilma protocolou pedido no STF (Supremo Tribunal Eleitoral), para anular a votação do impeachment no Senado Federal. O pedido pede que a suprema corte anule dois artigos da Lei 1.079 de 1950. O pedido vai ser analisado pelo Ministro Teori Zavaski.

Sebo
Mudando completamente o rumo da prosa, no próximo dia 10 de setembro, a Apap (Associação de Proteção Animal de Penápolis), realizará o Sebo Cultural. Será das 9h às 15h, na avenida Luís Osório, 379 – ao lado da Ba&Su. Agora, os voluntários estão pedindo livros, vinis, enciclopédias, antiguidades, CD´s e DVD´s. O ponto de entrega das doações serão na própria sede da entidade; no Patyo Shopping e na Loja Theodora. Toda a renda será revertida para a construção de um gatilzão.

Fisioterapia
A Adefipe (Associação dos Deficientes Físicos de Penápolis), anunciou em sua página que firmou parceria com a FASSP (Faculdade de Saúde São Paulo) e estão realizando atendimento de fisioterapia na entidade. Quem desejar de atendimento deverá se associar a entidade. O telefone de contato para maiores informações é 3652 5010.

Até lá. Alguma sugestão, crítica ou elogio mande para ricardo@blogdofaria.com.br. E acesse: www.blogdofaria.com.o br

apoie o jornalismo independente