fbpx

Vereador Roberto Delfino se afastará por 60 dias dos trabalhos legislativos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email
Share on print

Na noite dessa segunda-feira (07), o vereador Roberto Delfino (PMDB) pediu à Câmara de Vereadores um afastamento de 60 dias do poder legislativo, a partir do dia 3 de agosto. O motivo é que recentemente o parlamentar passou por cirurgia de hérnia e precisará ficar em repouso para se recuperar da operação. O requerimento foi aprovado por unanimidade.

Em seu lugar deveria assumir o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente e ex-vereador, Fábio Pereira da Silva, o Fabinho (PSDB), que na última eleição teve 417 votos e ficou na primeira suplência. Mas, um acordo político fez com ele abrisse mão de assumir a vaga para que outros suplentes pudessem assumir de forma alternada.

O primeiro a assumir já na próxima sessão – dia 14, é o empresário Alcebíades Soares, o Neto (PSDB). Ele que na eleição de 2012 teve 506 votos não conseguiu se eleger, pois, seu grupo na época, formado pelo PMDB, PP, PRB e PSB não conseguiu coeficiente eleitoral. Já em 2016, mesmo que com 372 votos, isto é, 134 a menos conseguiu a segunda suplência na chapa que tinha PSDB/PMDB.

Já o vendedor Valdecir Martines da Silva, o Vardê (PMDB), concorreu pela primeira vez a vereança na última eleição, obtendo honrados 187 votos e que o possibilitou ficar na terceira suplência.

O vereador Roberto Delfino ficará afastado até dia 3 de outubro.

ARQUIVADO EM:

Deixe sua opinião sobre o assunto...

COMPARTILHE ESTE POST

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest