fbpx

Governador Márcio França autoriza AME Mais em Penápolis

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email
Share on print

O governador do Estado de São Paulo, Márcio França (PSB), autorizou a implantação do AME Mais (Ambulatório Médico de Especialidades) em Penápolis. A assinatura foi realizada durante a inauguração do Campus II da Fundação Educacional de Penápolis, na manhã desse sábado, dia 30.

De acordo com França, a opção do governo deverá ser pela construção de prédio próprio, visto que, para a implantação possui diversos detalhes que deverão ser levado em conta.

“O mais fácil é você fazer a locação e a adaptação. Se a adaptação foi muito grande não vale a pena você construir duas vezes, especialmente, se for um prédio locado. Então vale a pena você construir um novo. Então você gasta 10 a 15 milhões e constrói um prédio novo. Talvez para adaptar você gasta 4 a 5 milhões num prédio que não é seu e isso não faz sentido. Mas o preferencial pelo secretário de saúde é fazer a construção de ponta a ponta. Então a opção deverá ser a construção nova”, explica o governador.

DISPUTA

O AME Mais era disputado, além de Penápolis, também pelas cidades de Araçatuba e Birigui. “Cada cidade pode ter alguma coisa em especial, temos hospitais em cada um dos lugares e nada impede de ter AME em todo lugar, mas, esse aqui é um compromisso assumido de muitos anos com Penápolis, pelo ex-governador [Geraldo Alckmin – PSDB] no tempo do primeiro mandato do prefeito e agora eu resolvi cumprir aqui, acho importante, as pessoas possam circulam em volta para fazer suas consultas e os serviços podem fazer em Birigui ou Araçatuba, mas, esse aqui será feito em Penápolis”, salienta França.

A região administrativa de Araçatuba, possui dois AMEs, sendo um em Araçatuba e outro em Andradina e atende cerca de 700 mil habitantes.

Rotatória

Além do AME Mais, o governador Márcio França autorizou a construção da rotatória na vicinal Arnaldo Covolan, na altura de onde está construindo a indústria de laticínios Bonolat.

ARQUIVADO EM:

Deixe sua opinião sobre o assunto...

COMPARTILHE ESTE POST

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest