Barbudo de opinião
seja membro

Assembleia discute projeto que inspeciona e fiscaliza produtos de origem animal

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on twitter
Fred 1

Em plena pandemia do novo coronavírus – que já matou mais de 83 mil pessoas no Estado de São aulo – os parlamentares paulistas discutiram na manhã dessa terça-feira (13), em sessão extraordinária o projeto de lei 596/2020, de autoria do governador João Dória (PSDB).

A PL que dispõe sobre a inspeção e fiscalização sanitária e industrial de produtos de origem animal no Estado de São Paulo teve grande resistência, principalmente de deputados que possuem experiência na matéria como os deputados Frederico D´Avila (PSL) e Barros Munhoz (PSB).

Para D´Avila o parecer do Ministério da Agricultura deixa claro que o órgão poderá reconhecer a legislação paulista, pois, não estaria em conformidade com a legislação federal – o Sistema Federal de Inspeção (SFI) e o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI).

Já para Munhoz – que foi ministro da agricultura na gestão do presidente Itamar Franco – o projeto possui muitas dúvidas a serem discutidas antes de serem colocadas em votação. Apresentou preocupação, pois desde 2011, o Estado de São Paulo não está cadastrado no SISBI.

MENSAGENS

A líder do PSL, a deputada Janaína Paschoal, salientou que após a reunião de líderes, nesta segunda-feira (12), recebeu várias mensagens de entidades da área preocupadas com a tramitação do projeto.

Segundo ela, é praxe do governo paulista apresentar projetos que propõe regulamentos através de decretos, como é o caso da PL 596/2020. Além disso, discursou sobre o percentual das multas no projeto original, mas, corrigidos pelo relator, deputado Gilmaci dos Santos (Republicanos) e sobre o poder de polícia que o governo pretende conceder a iniciativa privada.

MOMENTO

Já para o deputado petista, Paulo Fiorilo, o Estado de São Paulo está em um dos mais críticos da pandemia do novo coronavírus, com diversas pessoas pedindo dinheiro em faróis ou dormindo na rua.

“Diante desse quadro, precisamos urgentemente discutir os projetos que possam mitigar os problemas do povo. Na última, fizemos o debate para ampliar as vacinas. Por isso me chama a atenção a discussão desse projeto”, explica.
E mostrou preocupação com a privatização dos serviços de fiscalização dos serviços – que serão colocados para a iniciativa privada. “Não pode ser transferido sem um grande debate”, salienta.

PRIVILÉGIOS

Para o presidente da Assembleia, Carlão Pignatari (PSDB), o estudo apresentado pelo deputado Frederico D´Avila (PSL), foi escrito por uma servidora pública federal que pretende manter seus privilégios.

“O documento foi escrito por uma sindicalista que pretende manter seus privilégios. O sistema de Inspeção Estadual de nada vai interferir o Sistema Federal de Inspeção”, comenta.

Como você está lendo este texto hoje, tenho um pequeno favor a pedir. É sabido que estamos em momento de crise e incerteza, mas, a solidariedade e a esperança é que me move todos os dias.

Dezenas de leitores, deram um passo para nos apoiar financeiramente. Isso nos mantem abertos e independentes. Ao contrário de outros portais de notícias, o jornalismo profissional do Blog do Faria está disponível para que todos possam ler, independentemente se podem pagar ou não.

Afinal, acreditamos na informação e como ela pode impactar as pessoas, comunidades e/ou inspirá-las a realizar seus sonhos e objetivos. Meu objetivo é oferecer aos leitores uma perspectiva crítica de ações de governo – seja ela, de qual esfera de poder for, pois acabam moldando a realidade a que estamos inseridos.

Cada contribuição, fortalece nosso jornalismo profissional. Apoie o Blog do Faria com apenas R$ 9,90/mês.

comentários

Os comentários não representam a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem.

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER

Lembre-me no mês que vem

Enviaremos a você no máximo duas mensagens no mês que vem.

Comunicar erro

Comunique ao Blog erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Assembleia discute projeto que inspeciona e fiscaliza produtos de origem animal

BLOGDOFARIA

Barbudo de opinião

Envie sua notícia