fbpx

Depois de nove meses, Penápolis registra saldo positivo na geração de empregos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email
Share on print

A cidade de Penápolis registrou pela primeira vez após nove meses, saldo positivo na geração de empregos formais. Os índices mostram que o mês de fevereiro fechou com saldo positivo nos postos de trabalho. Entre os números de vagas criadas e a quantidade de pessoas demitidas os dados demonstram que entre as contratações foram de 838 pessoas, enquanto que os números de baixas na carteira foram de 512, ou seja um saldo de 326 carteiras de trabalho assinada.

Se comparado com o mesmo período de 2015, os números de contratados diminuíram em 5,63%, quando teve 888 postos. Contudo, o percentual de demissões também diminuiu e ultrapassou a casa dos 21%, quando em fevereiro do ano passado o número de demissões fora de 649. No acumulado do ano, Penápolis gerou a média de 43 empregos.

Ocupações
Entre os setores que apresentaram os maiores saldos estão na área de saúde que dominou as quadros primeiras ocupações. O técnico de enfermagem com a média de 60 postos. Já o auxiliar de enfermagem fechou com 34 carteiras assinadas. Enfermeira e médico da Estratégia da Saúde da Família fecharam respectivamente com 28 e 23 novos postos de trabalho.

Já na outra ponta duas das três ocupações que mais demitiram estão no setor de construção civil. Servente de Obras perdeu em fevereiro (-23) postos de emprego. Motorista de Caminhão e Pedreiro fecharam com (-17) e (-5) respectivamente.

Setores
Já entre os setores que mais se destacaram foi o de Serviços, principalmente, nas áreas da saúde, fechando com 333 novos postos. E o da Industria da Transformação com 52 postos e Agropecuária com 23. Na outra ponta a construção civil e o comércio tiveram as maiores baixas com (-46) e (-35) respectivamente.

Região
Segundo dados do Caged, não foi somente o município de Penápolis que encerrou o mês de fevereiro com saldo positivo. A cidade de Birigui, conhecida nacionalmente pela forte indústria de calçados infantis, teve o maior saldo positivo entre as cidades consultadas com 600 postos de emprego.

Já nas cidades de Araçatuba e Andradina os dados não são diferentes. Araçatuba registrou o saldo de 62 e Andradina 499 novos postos. Já nos municípios de Lins e Promissão fechou o último mês com o saldo negativo de (-28) e (-3) respectivamente.

Dados
O Perfil do Município é um produto integrante do Programa de Disseminação de Estatísticas do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) destinado às Comissões Estaduais e Municipais de Emprego, às Prefeituras, aos Sindicatos e a outras instituições usuárias de informações em nível municipal.

Tendo como fonte o (CAGED), o produto oferece acesso simplificado, auxiliado por mapas e filtros de seleção autoexplicativa, para proporcionar meios à obtenção de informações sobre a composição do emprego e sobre a movimentação de trabalhadores regidos pela CLT.

Os dados estatísticos são apresentados por setor e subsetor de atividade econômica, em nível geográfico, permitindo que se visualize a movimentação de um município com sua respectiva micro região ou Unidade da Federação e, em nível ocupacional (CBO), possibilitando a comparação das ocupações que mais admitiram, mais desligaram, tiveram maior ou menor saldo em determinado município.

Por se tratar de registro administrativo, há que se ressaltar a possibilidade de erro nas informações referentes aos municípios menores, onde a orientação aos declarantes é mais precária.

ARQUIVADO EM:

Deixe sua opinião sobre o assunto...

COMPARTILHE ESTE POST

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest