fbpx

EXISTE EXTREMA POBREZA EM PENÁPOLIS?

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email
Share on print

Sim, existe extrema pobreza em Penápolis. Quem confirma tal afirmação são os relatórios do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, que após o Censo IBGE de 2010 sistematizou em documento.

Nele afirma que dos mais de 58 mil habitantes, o município possuía 504 pessoas que se encontravam em situações de extrema pobreza, vivendo com uma renda per capita abaixo de R$ 70.

FAIXA ETÁRIA

O que mais me chamou a atenção foi pro número de 43 crianças de 0 a 3 anos que estão sofrendo com essa situação. Entre as idades de 15 a 17 anos, apenas onde estavam nesta situação, mas que calculado na faixa etária de 0 a 17 essa número a 27, 9% dos penapolenses.

GÊNERO

Entre os gêneros 52,3% são mulheres e 47,7% de homens. Já os brancos, sim os brancos, são a maioria absoluta a baixo na linha da pobreza. Na época eram 62, 9% do total.

EDUCAÇÃO

Na educação, das pessoas com mais de 15 anos, 50 não sabiam ler ou escrever, representando 13,8% dos extremamente pobres, sendo que, dentre eles, 33 eram chefes de domicílio.

SANEAMENTO BÁSICO

O relatório por fim que 16 pessoas, 3,1% do total, viviam sem luz e 50, 10,0%, não contavam com captação de água adequada em suas casas.
100 ou 19,9% não tinham acesso à rede de esgoto e ao lixo coletado.

Precisamos saber como que está hoje, após, quase cinco anos do relatório. Será que diminuiu? Será que aumentou? Como você acha que está?

ARQUIVADO EM:

Deixe sua opinião sobre o assunto...

COMPARTILHE ESTE POST

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest