fbpx

PITACOS #22

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email
Share on print
FEBOM
Durante a tribuna livre na sessão na última segunda-feira, 24, um munícipe protocolou pedido de abertura de uma CEI – Comissão Especial de Inquérito para que investigue as informações repassadas pela Secretária de Finanças Maria Emília de Souza sobre o FEBOM – Fundo Especial do Bombeiro. 

FEBOM II
Nestas informações repassadas pela Maria Emília ao vereador Tiquinho [PSDB], conta que no ano de 2013 foram arrecadados mais de R$502 mil e só foram repassados apenas R$160 mil, deixando várias perguntas no ar: Onde foi parar o dinheiro? O prefeito Célio de Oliveira não deve uma explicação, sendo que a taxa de incêndio tem finalidade específica? 

ÁGUA 
E o DAEP [Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis] e o Conselho Deliberativo, convidaram os vereadores para participarem de uma reunião extraordinária na última sexta-feira, com a finalidade de apresentar os dados que os levaram a aumentar a taxa de água em 10% neste ano. 
ÁGUA II
Vereadores como Prof. Luiz [PSDB] e Ricardinho Castilho [PV] foram enfáticos em dizer que é contra o aumento da tarifa. Para o Tiquinho [PSDB], não se pode tirar por base o aumento da tarifa em cidades como Rio Preto, Araçatuba ou Mirassol, pois, lá seriam privatizadas.  O que vale lembrar que essa decisão não pertence ao legislativo e mesmo com o empenho dos vereadores de oposição, a decisão cabe exclusivamente ao prefeito Célio de Oliveira que segundo informações assinará o decreto aumentando a tarifa ainda essa semana. 
PRONTO SOCORRO [REPERCUSSÃO]
Durante a semana passada houve intensa repercussão sobre a possível negligência médica no Pronto Socorro. Na quinta, 20, a assessoria da Câmara repercutiu pedido do vereador e médico Zeca Monteiro [PT] para que a Secretaria de Saúde que investigasse a denúncia através de uma comissão sindicante. Já a assessoria da prefeitura, publicou nos meios de comunicação no sábado, 22, matéria dizendo que o munícipe procurou a secretaria de saúde para defender a postura do médico em sua conduta profissional naquele momento. Ficando novamente mais uma pergunta: Quem está mentindo nesta história? O munícipe que denunciou ou o munícipe que diz que nada aconteceu? 
PRONTO SOCORRO II
Diante desse disposto, o vereador Ricardinho Castilho [PV] disse que a Câmara não poderia permitir leviandade na tribuna e se caso fosse apurado e constatado uma calúnia ou difamação deveria ser enviado uma cópia da fala do munícipe para o delegado de polícia. Já para o Dr. Rodolfo [PROS] a fala que deveria ser enviada a polícia deveria ser do vereador Ricardinho, pois, usou de expressões como – “crime gravíssimo, crime contra a vida, é eutanásia ou pior homicídio qualificado”. 
PRONTO SOCORRO III
O vereador Ricardinho se defende dizendo que na sua segunda parte da fala também disse – “Se tiver testemunha, e o munícipe me disse que várias pessoas presenciaram isso, é crime, é cadeira”. Para o Dr. Rodolfo, o vereador Ricardinho como um profissional do direito sabe que qualquer cidadão tem o direito à ampla defesa e do direito ao contraditório e soltou: “O senhor só pediu desculpas porque sabe que errou”. Salientou. 
MÁFIA DO ASFALTO
E o vereador Caíque Rossi, que ao final da sessão pedia os outros parlamentares que esquecessem a política partidária, logo no início dos trabalhos na Câmara só faltou passar o número eleitoral do Dep. Federal e candidato a reeleição Eleuses Paiva (PSD), pois, o mesmo estaria numa lista elencados pela Revista Veja, entre os cinco melhores deputados federais. Mas faltou o vereador falar o porquê o mesmo deputado é denunciado no esquema de corrupção da Máfia do Asfalto. 
REJEITADO 
E os vereadores da situação, Alexandre Gil, José Santino e Zeca Monteiro [PT], Joaquim da Delegacia [PDT], Dr. Rodolfo, Lucas Casella e o próprio Jonas Chamarelli [PROS], rejeitaram um pedido de requerimento proposto pelo vereador Tiquinho [PSDB] que pedia entre outras coisas, informações sobre as horas extras do servidor público e vereador Jonas Chamarelli. Se os parlamentares não tem nada a temerem porque rejeitaram tal pedido?

ARQUIVADO EM:

Deixe sua opinião sobre o assunto...

COMPARTILHE ESTE POST

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest