Governo de SP publica distrato contratual com OSs que gerenciaria AME em Penápolis

Ricardo Faria

Ricardo Faria

Ricardo Faria, é jornalista e autor do Blog do Faria.

O Governo do Estado de São Paulo publicou no último sábado (27), no Diário Oficial, o Termo de Distrato Contratual com a OSs Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Pacaembu – assinado no último dia útil de 2018, ainda na gestão do ex-governador Márcio França (PSB), para gerenciar o Ambulatório Médico de Especialidades (AME Cirúrgico) em Penápolis.
A extinção assinada pelo Secretário de Saúde Dr. José Henrique Germann Ferreira e o presidente da entidade Wilson Pereira da Silva, prevê ainda a restituição imediata dos recursos financeiros depositados à Organização – algo em torno de R$ 6,4 milhões – que segundo a própria secretaria já havia sido devolvido no último dia 12 de março.

Suspensão
Em fevereiro, a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, confirmou a suspensão do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) em Penápolis. Na época, a secretaria afirmou que será necessária a realização de novos estudos para embasar a implantação de um novo serviço em local que atenda adequadamente a região.
“A pasta avaliou o processo referente ao AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Penápolis, firmado na gestão anterior com a Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Pacaembu e, tecnicamente, considerou necessária a realização de novos estudos para embasar a implantação de um novo serviço em local que atenda adequadamente a região. Por isso, o contrato foi suspenso. A pasta será ressarcida de todos os valores repassados para a OSS”.
A Secretaria de Estado da Saúde informou ainda que está fazendo um levantamento técnico e epidemiológico para avaliar as demandas de todas as regiões do Estado. Segundo eles, a medida busca otimizar serviços existentes e implantar novos serviços onde forem identificadas necessidades.
“A população de Penápolis e dos demais municípios da região de Araçatuba já conta com o Hospital Estadual de Mirandópolis, unidade de média complexidade que realiza mais de 6,5 mil atendimentos, entre consultas, exames, cirurgias e internações. Há ainda dois AMEs Mais, localizados em Araçatuba e Andradina. Ambos ofertam, juntos, mais de 17 mil consultas e cerca de 1,5 mil cirurgias mensalmente”, explicou em nota a Secretaria de Saúde.

JORNALISMO INDEPENDENTE

SEJA MEMBRO DO BLOG DO FARIA

APOIE O NOSSO PROJETO

R$9,90/mês

os primeiros 7 dias grátis

Comunicar erro

Comunique ao Blog erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Governo de SP publica distrato contratual com OSs que gerenciaria AME em Penápolis