fbpx

Prefeitura de Penápolis anuncia investimentos de mais de R$ 2 milhões

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email
Share on print

A Prefeitura de Penápolis anunciou nesta quinta-feira, dia 31 de maio, o investimento de mais de R$ 2 milhões em infraestrutura. Os recursos serão provenientes do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos).

O primeiro convênio anunciado pelo município será a implantação de galerias para a drenagem de águas pluviais na Rua Irmãos Torrezan. Ao todo serão investidos R$ 489 mil, com contrapartida de R$ 76 mil. Segundo a administração, a região é foco de alagamentos e não possui infraestrutura para escoamento das águas e nem pavimentação asfáltica, prejudicando os moradores. A previsão é que até o final do ano a obra seja concluída.

DESASSOREAMENTO
O segundo convênio assinado pela administração municipal, foi referente à concessão de recursos no valor de R$ 379.244,99, para o projeto de desassoreamento das lagoas da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto). No total os investimentos passam de R$ 1.092.200,00, sendo que o Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis) fará uma contrapartida de R$ 712.955,01.

O projeto consiste na contratação de uma empresa especializada para efetuar a dragagem, deságue, contenção e armazenamento de lodo e areias a serem retirados das lagoas de tratamento do esgoto, utilizando uma tecnologia chamada de filtro bag. Neste processo há o bombeamento do material por sucção, sua filtragem e consolidação, acondicionando os resíduos nos bags de forma que a parte líquida seja automaticamente drenada e a parte sólida fique retida.

De acordo com a administração, o objetivo é devolver a eficiência total do sistema de lagoas, que ao longo do tempo sofreu um processo de assoreamento com o acúmulo de lodo e areia nos leitos. O conjunto de lagoas de estabilização do Daep é do tipo Australiano, tendo sido inaugurado em 1.986.

VAZAMENTOS
O terceiro convênio firmado foi o investimento de R$ 960 mil em prevenção de vazamentos da rede de abastecimento de água, sendo que cerca de R$817 mil é proveniente do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos) e o restante de contrapartida do Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis).

Para o Daep, o objetivo do convênio é combater a perda de água durante a distribuição. Entre as ações previstas no projeto, está a macromedição de vazão incluindo o monitoramento via telemetria, com objetivo de controlar o volume de água produzido e distribuído para consumo no município. Além da pesquisa de vazamentos não visíveis em 240 quilômetros de rede de distribuição de água.

O projeto visa dar sequência a implantação das ações do Plano Diretor de Combate as Perdas de Água, incluindo o fornecimento, instalação, aferição e calibração de macromedidores de vazão, Estações Remotas e um Centro de Controle de Operações.

*Com informações da Prefeitura de Penápolis

ARQUIVADO EM:

Deixe sua opinião sobre o assunto...

COMPARTILHE ESTE POST

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest