fbpx

PITACOS #55 – Quanto custa um voto?

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email
Share on print

“Custo”
Ontem (27), repercutimos aqui no INTERIOR PENÁPOLIS o “custo” de cada voto para os cinco candidatos a prefeito de Penápolis e dos 13 vereadores eleitos e reeleitos para a próxima legislatura na Câmara de Vereadores. O interessante é que os gastos até agora, pois, ainda podem mudar, ficaram polarizados entre o prefeito reeleito Célio de Oliveira e o vereador e candidato derrotado Caíque Rossi (PSD). Caíque “gastou’ R$ 14,51 por cada um dos 7.232 votos, enquanto que Célio apenas R$ 9,72 para 17.145 votos.

“Custo 2”
Já entre os vereadores eleitos e reeleitos à Câmara Municipal de Penápolis, o sexto mais votado, Evandro da Habitação (DEM), desembolsou R$ 22,24 por cada um dos 622 votos recebidos. Bem atrás aparece Dr. Rodolfo (PSD) que “gastou” R$ 10,14 para 807 votos. Na outra ponta, o vereador Rubinho Bertolini, investiu módicos R$ 0,22 para cada um dos 807 votos. Seguido por Júlio Caetano e Cabeça do Coletivo, ambos do PSD que gastaram respectivamente R$ 0,43 e R$ 0,53 por cada voto, sendo que Júlio teve 551 votos, enquanto que Cabeça teve 559 votos.

Hospital-Escola
Na quarta-feira (26), teve sessão na Câmara, após ponto facultativo e feriado do aniversário da cidade. Em discurso, o vereador Caíque Rossi criticou a gestão da Santa Casa de Misericórdia em intervenção há mais de 1 ano. “Naquele momento sabíamos que a intervenção era necessária, mas, hoje podemos analisar se foi benéfico ou não para a cidade”. Segundo ele, o hospital precisa de uma gestão mais eficiente e que possa transformá-la em um hospital-escola.

Hospital-Escola II
Mas aí fica uma pergunta: Como criar no município um hospital-escola se ainda não temos um curso de medicina nas faculdades do município? Pelo que sabemos o projeto da Funepe (Fundação Educacional de Penápolis) para trazer o curso de medicina para a cidade é bastante audacioso e contou inclusive com a ajuda do prefeito reeleito Célio de Oliveira (PSDB). Tendo até negociações avançadas para a criação de uma holding com empresários da cidade para ajudar no financiamento desse projeto que traria importante desenvolvimento não só na área educacional, mas, econômica.

Oposição
Quando o prefeito Célio de Oliveira migrou do PSD para o PSDB e abriu “brecha” para Caíque tornar-se opositor. Nós que acompanhamos a política de perto achávamos que era uma estratégia para marcar seu nome como possível candidato a prefeito e estávamos certos. Após as eleições, aquele Caíque que maneirava nas palavras, mesmo “gritando” nos microfones da câmara, continua sendo o opositor ríspido que marcou seus discursos logo após o rompimento. Quero ver até quando ele aguentará fazer esse tipo de oposição. Aliás, já tem data: 31 de dezembro de 2016.

Oposição II
Agora de onde esse colunista nunca imaginaria que iria ver oposição ao Célio era do vereador Lucas Casella (PSD). Quem é amigo dele sabe o quanto ele é opositor ao PT (Partido dos Trabalhadores), tanto é, que doeu-lhe votar no Alexandre Gil (na época no PT) à presidência da Câmara. Saiu candidato em 2012 para apoiar Célio de Oliveira e ambos foram vitoriosos nas urnas. Teve seu nome cogitado para assumir a Secretaria de Cultura. Agora, aliado ao Caíque evita inclusive citar o nome de Célio, chamando-o de prefeito sub-júdice.

Empurrando
Já ouviu aquela frase que “o fulano está empurrando com a barriga”? Pois bem, é o que está acontecendo na Câmara Municipal de Penápolis. Um dos vereadores (que perdeu nestas eleições), antes dela acontecer, já havia pedido por duas vezes para adiar o projeto que cria a PPP (Parceria Público-Privada). Em uma delas até pediu tempo para conhecer o projeto de Lins, mas, agora voltando do recesso pediu mais 30 dias e não é que conseguiu? Verdadeiramente vão empurrar com a barriga este último um mês e meio.

Suplementação
Já o projeto de suplementação de R$ 1 milhão para a Emurpe foi adiado por uma sessão. O motivo: A ausência do presidente da Empresa Municipal, Cláudio Gomes Dias, o Tiradentes, na sessão de quarta-feira (26), a justificativa segundo os vereadores era uma viagem a São Paulo. Contudo, eles aprovaram novo convite para que Tiradentes compareça na próxima segunda-feira (31).

Livro
Hoje o professor, escritor e ex-prefeito João Luís dos Santos lança seu livro “Uns e Outros Versos” a partir das 19h30, no salão social da Loja Maçônica ‘Estrela da Noroeste do Brasil’, na avenida Bento da Cruz, 126, centro. O livro organizado pelo Renato Costenaro tem o prefácio assinado pelo professor Roberto Rillo Bíscaro. Prestigie!

Feirinha
No próximo dia 12 de novembro, 8h às 15h, acontece a 7ª edição da Feirinha dos Produtores. Desta vez, terá a presença do Chef Ivan Achcar, dono do Restaurante ‘Alma’ em São Paulo e que foi jurado nas duas primeiras temporadas do programa “Cozinheiros em Ação”, da GNT. É um dos chefs da Academia da Carne Friboi e tem um programa na rádio Eldorado Estadão chamado “Quantidades Absurdas”. A feirinha acontece na rua Otacílio Ferraz Pacheco, 230. A entrada é gratuita.

Até a próxima. Alguma sugestão, crítica ou elogio mande para ricardo@blogdofaria.com.br. E acesse: www.blogdofaria.com.br.

ARQUIVADO EM:

Deixe sua opinião sobre o assunto...

COMPARTILHE ESTE POST

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest