fbpx

PITACOS #72 – FORA TEMER, AME E PROCESSOS TRABALHISTAS DO SENHOR PREFEITO

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email
Share on print

Primeiramente, Fora Temer!

Essa frase permeou em alguns momentos minhas colunas aqui no INTERIOR e no BLOG DO FARIA, mas, a partir de agora e até esse presidente ilegítimo cair será a tônica desse espaço. Não podemos mais continuar nesta estagnação econômica e nesta crise política que assola o país, com a tranquilidade de que tudo será resolvido com a famoso “jeitinho brasileiro”. Chega! Precisamos ir às ruas; precisamos exigir a renúncia ou o impeachment de Michel Temer; precisamos exigir eleições diretas, enfim, precisamos exigir mais diálogos com a sociedade, pois, somente assim iremos construir uma sociedade mais justa e igualitária.

Investigado
O presidente ilegítimo Michel Temer (PMDB) conseguiu, enfim, guardar seu nome nos livros de histórias da recente democracia brasileira – ser o primeiro presidente, no exercício do cargo, investigado por crimes de corrupção. Não é à toa que deveria ser ele esse personagem, pois, afinal, ele personifica o que tem de pior no político brasileiro. Desde o início de sua carreira política como secretário de segurança pública do Estado de São Paulo até a chegar à presidência, sempre envolvido em escândalos de corrupção. Sinceramente, não é novidade pra ninguém!

Denúncia
Na manhã de ontem (29), a presidente do STF (Superior Tribunal Federal), Carmen Lúcia, enviou à Câmara a denúncia elaborada pela PGR (Procuradoria Geral da República). Agora a casa analisará e votará pela admissibilidade ou não. Em caso positivo, o presidente ilegítimo já julgado pela suprema corte, contudo, deverá ser afastado por 180 dias. Já se a denúncia for rejeitada, o presidente ilegítimo se livraria mais uma vez de uma possível cassação.

Fiel da balança
O PSDB será o grande fiel da balança durante a votação da denúncia na Câmara dos Deputados. Ontem, o presidente ilegítimo convocou os líderes partidários da base de governo para discutir os próximos passos. A ausência dos tucanos evidenciou novamente um possível afastamento do governo. Até agora a decisão do PSDB de continuar no governo é sustentado pelos “figurões” do partido como o governador Geraldo Alckmin e o senador afastado Aécio Neves (este com interesses de continuar com seu mandato), contudo, existe um base louca para desembarcar do governo. Vamos esperar os próximos capítulos dessa novela.

Autocrítica
Com toda certeza o PSDB já está fazendo a autocrítica, parafraseando a antológica frase de William Shakespeare – “Ficar ou não ficar no governo”. Para alguns tucanos ficar no governo é dar adeus as possibilidades de reassumir a presidência com as eleições do próximo ano. Agora sair da base e se desvencilhar da imagem cada vez mais impopular do presidente ilegítimo é criar um “fiozinho” de emplacar um tucano, nem que para isso perca um soldado. Isto é, entregar Aécio Neves a cova dos leões.

Entendimento
A oposição parece voltar a se entender. PT, PC do B e PDT já estão juntos defendendo as eleições diretas e a saída do presidente ilegítimo. PSB parece ter voltado as trincheiras socialistas e também pede a saída. O único partido que desde o princípio denúncia os golpes atrás de golpes que a sociedade brasileira está sofrendo no último período é o PSOL. Contudo, esses partidos precisam sentar à mesa e estabelecer uma frente popular capaz de fazer frente aos ditames do conservadorismo brasileiro. E sinceramente não passa apenas por uma candidatura do PT ou de Lula, passa por uma agenda de compromissos sociais e de reformas que a sociedade necessita.

Tribuna Livre
Na esfera municipal, um clima de aparente estabilidade com a volta do tucano Célio de Oliveira à Prefeitura de Penápolis tende a acabar. Isso porque o que começou com as retiradas do patos e gansos do Santa Leonor, ganhou força nas redes sociais com o grupo agora denominado “Tribuna Livre”, onde diversos munícipes expõe os problemas e são exaustivamente discutidos. Vide, por exemplo, a tolerância de 5 minutos instituída por decreto pelo prefeito Célio. Debates que tornaram-se resultado efetivo.

AME I
Agora o grupo tende a entrar na briga junto à Prefeitura e a Câmara de Vereadores. Criaram uma arte que circula pelas redes sociais pedindo ao governador o AME em Penápolis. A ideia é mobilizar a população para sair às ruas, mostrando que os penapolenses também querem a vinda da unidade para o município.

AME II
Se o governador queria o AME, o prefeito Célio de Oliveira anunciou ontem que disponibilizou cinco prédios prontos e duas áreas para serem construídas. As áreas foi pauta de reunião do prefeito com o diretor da DRS II de Araçatuba, Silvio Órfão. Contudo, alguns comentaristas do política local dizem que o prefeito errou na estratégia, principalmente, de apresentar cinco alternativas. Para eles, deveriam apresentar um único prédio capaz de atender as necessidades de instalação. Salientam ainda que isso poderia inclusive ser um subterfúgio para no futuro usar como desculpas caso o AME não venha para Penápolis.

Contestações I
A Procuradoria Geral do Município de Penápolis contestou as ações que o prefeito Célio de Oliveira sustentam na justiça local para reaver, segundo ele, direitos trabalhistas de 13º salário e férias referentes ao ano de 2013, o primeiro ano do mandato anterior. Somente essa ação gira em torno de R$ 33 mil.

Contestações II
Na época em que o Célio entrou com as ações disse-me que era para pagar as multas que o tribunal lhe impôs, pagar os advogados e o que sobraria iria doar a Santa Casa. Contudo, agora que já retornou a prefeitura e tem direito ao subsídio de R$ 14.500,00 mensais seria de bom grado que retirasse as ações contra a prefeitura, haja vista que retirou na semana passadas as ações que também cobravam 13º e férias da época de vereador. Seria moral de sua parte como um homem público e prefeito de nossa querida Penápolis.

Até a próxima. Alguma sugestão, crítica ou elogio mande para ricardo@blogdofaria.com.br.

ARQUIVADO EM:

Deixe sua opinião sobre o assunto...

COMPARTILHE ESTE POST

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on pinterest