Previsões turbulentas para a eleição da Mesa Diretora em dezembro!

Ricardo Faria

Ricardo Faria

Ricardo Faria, é jornalista e autor do Blog do Faria.

Em seu discurso de posse em janeiro de 2013, o vice-prefeito Ricardo Castilho relatava que nunca fora contra a candidatura do vereador Caíque Rossi para a presidência da Câmara Municipal, mas contestava naquele momento a infelicidade do prefeito Célio de Oliveira de interferir na eleição do legislativo. 

Pois bem, mais de um ano se passou e esse assunto volta à tona novamente. Na primeira sessão da Câmara Municipal em 2014, o PT que foi o fiel da balança que elegera Caíque Rossi, entrou com os dois pés no peito do prefeito Célio de Oliveira, perguntando-lhe sobre as possíveis denúncias em seu governo. 
O porta-voz desse questionamento foi o vereador e vice-presidente da Câmara Municipal Alexandre Gil. Ele é o candidato a presidência para o próximo biênio [2015-2016], que acontecerá em dezembro desse ano. Aliás, pelo menos foi esse o acordo firmado entre os vereadores, o prefeito Célio de Oliveira e alguns dirigentes políticos, como o procurador jurídico da Câmara Municipal – Márcio Reis, em novembro de 2012. 
Em 2014…
Depois da indagação do vereador e da possível abertura de uma CEI – Comissão Especial de Inquérito, para apurar as prováveis denúncias, mostram que o Partido dos Trabalhadores nunca foi da base de sustentação da administração, limitando-se apenas a um acordo político para eleger a mesa diretora da Câmara Municipal. Acordo esse que pode ser quebrado a qualquer momento.
A propósito, corre nos bastidores políticos, de que o presidente Caíque Rossi já tenha recebido pressão para romper com o PT e “eleger” um novo candidato para a vaga da presidência. Essa interferência possivelmente vem novamente do executivo que se mostrou muito irritado com o que ocorreu na última segunda-feira, 03.
Para o vereador Lucas Casella [PROS], que acha pouco provável que a presidência da Câmara rompa o acordo, disse que se caso aconteça ele manterá seu apoio ao vereador Alexandre Gil, pois cumprirá a sua palavra. Agora, para o vereador Prof. Luiz [PSDB] já houve o rompimento e que o provável candidato do governo será o vereador Nardão Sacomani [DEM]. 
Previsões…
Ainda é muito cedo para projetar o que pode acontecer, mas, faremos algumas prováveis conjunturas a partir da quebra de acordo. 
[#Caso 1]
Caso ocorra o rompimento do presidente Caíque Rossi, único vereador do PSD, ficaria apenas com os apoios de Joaquim da Delegacia (PDT) e dos vereadores do PROS – Dr. Rodolfo, Jonas Chamarelli e Lucas Casella. Trazendo para a sua base Nardão Sacomani [DEM], que na última eleição votara em Ricardinho Castilho [PV]. 
Comentário: Com apenas 6 votos não é possível eleger a mesa diretora. Para isso precisaria trazer algum outro vereador para a base do governo. O mais propenso é o vereador Fabinho [PSDB], porém, é voto de cabresto de seu partido político. Outro problema é que se o vereador Lucas Casella mantiver a sua palavra não apoiará o candidato do governo, entretanto, ele é um dos “cães de guarda” da atual administração e a mudança de voto será para salvaguardar a continuidade dos projetos políticos do governo municipal. 
[#Caso 2]
Com o rompimento, poderá surgir uma inesperada dobradinha entre PT e PSDB, que juntamente com Ricardinho Castilho [PV] terão a maioria simples dos votos para eleger a mesa diretora da Câmara Municipal. 
Comentário: Com os 7 votos necessários para eleger a mesa diretora, a oposição poderá tomar o acento da presidência e assim dificultar as coisas para administração municipal. Caso o candidato a presidência continue o vereador Alexandre Gil, o grupo poderá contar com o voto de Lucas Casella, podendo aumentar a vantagem para 8 votos. Sem contar que os cargos comissionados como a procuradoria jurídica e de comunicação, postos ocupados respectivamente por Márcio Reis e Ricardo Alves poderiam ser trocados por aliados de ambos os partidos.

O que nos resta agora é esperar a água rolar por debaixo da ponte e ver se o que se configura agora será a tônica do processo eleitoral em dezembro. 

JORNALISMO INDEPENDENTE

SEJA MEMBRO DO BLOG DO FARIA

APOIE O NOSSO PROJETO

R$9,90/mês

os primeiros 7 dias grátis

Comunicar erro

Comunique ao Blog erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Previsões turbulentas para a eleição da Mesa Diretora em dezembro!