fbpx

Secretaria de Saúde do Estado confirma suspensão do AME em Penápolis

A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, confirmou na tarde desta sexta-feira (1°), a suspensão do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) em Penápolis. Segundo a secretaria, será necessária a realização de novos estudos para embasar a implantação de um novo serviço em local que atenda adequadamente a região, além disso, afirmou que a pasta será ressarcida de todos os valores repassados para a OSS.
“A pasta avaliou o processo referente ao AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Penápolis, firmado na gestão anterior com a Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Pacaembu e, tecnicamente, considerou necessária a realização de novos estudos para embasar a implantação de um novo serviço em local que atenda adequadamente a região. Por isso, o contrato foi suspenso. A pasta será ressarcida de todos os valores repassados para a OSS”.
A Secretaria de Estado da Saúde informou ainda que está fazendo um levantamento técnico e epidemiológico para avaliar as demandas de todas as regiões do Estado. Segundo eles, a medida busca otimizar serviços existentes e implantar novos serviços onde forem identificadas necessidades.
“A população de Penápolis e dos demais municípios da região de Araçatuba já conta com o Hospital Estadual de Mirandópolis, unidade de média complexidade que realiza mais de 6,5 mil atendimentos, entre consultas, exames, cirurgias e internações. Há ainda dois AMEs Mais, localizados em Araçatuba e Andradina. Ambos ofertam, juntos, mais de 17 mil consultas e cerca de 1,5 mil cirurgias mensalmente”, explicou em nota a Secretaria de Saúde.

Confira a nota na íntegra da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo

A Secretaria de Estado da Saúde informa que está fazendo um levantamento técnico e epidemiológico para avaliar as demandas de todas as regiões do Estado. A medida busca otimizar serviços existentes e implantar novos serviços onde forem identificadas necessidades.

A pasta avaliou o processo referente ao AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Penápolis, firmado na gestão anterior com a Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Pacaembu e, tecnicamente, considerou necessária a realização de novos estudos para embasar a implantação de um novo serviço em local que atenda adequadamente a região. Por isso, o contrato foi suspenso. A pasta será ressarcida de todos os valores repassados para a OSS.

A população de Penápolis e dos demais municípios da região de Araçatuba já conta com o Hospital Estadual de Mirandópolis, unidade de média complexidade que realiza mais de 6,5 mil atendimentos, entre consultas, exames, cirurgias e internações. Há ainda dois AMEs Mais, localizados em Araçatuba e Andradina. Ambos ofertam, juntos, mais de 17 mil consultas e cerca de 1,5 mil cirurgias mensalmente.

A pasta mantem constantes conversas com os gestores regionais visando a melhoria da eficiência das redes assistenciais.

Deixe a sua opinião sobre o assunto...

Blog do Faria | Todos os direitos reservados.

anuncie | área restrita