Barbudo de opinião
seja membro

Resultados da pesquisa

nova ação de improbidade contra Célio de Oliveira

A Prefeitura de Penápolis propôs ação de improbidade administrativa para reaver mais de R$ 2 milhões de recursos públicos repassados à Santa Casa, na época gerenciada pela AHBB. O pedido protocolado no último dia 20 de outubro, será analisado pela juíza de direito, da 4.ª vara da Comarca de Penápolis, Dra. Elisa Leonesi Maluf.

Na ação, a prefeitura alega que os valores repassados para a Santa Casa, no período da gestão da AHBB, para pagamento de FGTS, INSS e outras contribuições sociais não foram quitados.

Por isso, entendem a existência do ato de improbidade praticado em razão da abstenção do dever de fiscalização, de Célio José de Oliveira e Wilson Carlos Braz, concorrendo para que ocorresse a lesão ao erário.

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER