PITACOS #28

Liderança
A sessão da Câmara de Vereadores nesta segunda-feira (21), caminhava para uma sessão chata, sem nenhuma novidade, quando eis que surge o vereador Caíque Rossi (PSD), propondo ao também vereador Dr. Rodolfo (PROS), que abrisse mão da liderança do governo na Câmara para um dos vereadores do PSDB – partido agora do Prefeito Célio de Oliveira.
Surpresa
Pegaram todos de surpresa, vereadores e população presente na Câmara. Tanto é que teve parlamentares petistas aplaudindo o pedido do Caíque Rossi e outros que davam risadas sem entender o porque desse pedido, afinal de contas, Dr. Rodolfo é fiel ao prefeito Célio de Oliveira. Mesmo assim, ele colocou a disposição a função caso o prefeito e seu novo partido deseja assumir o posto.
Emendas
Durante a sessão, o presidente da casa Alexandre Gil (PT), conclamou os vereadores a criarem emendas ao orçamento de 2016, que será votado em breve pela Câmara. Segundo ele, houve uma conversa entre os parlamentares e a Secretária de Finanças Maria Emília que lhes explicaram como fazer uma emenda ao projeto sem ferir a legislação. Já faz tempo que não a uma emenda parlamentar em orçamentos municipais.
Candidato
Ainda durante a sessão, tive a oportunidade de brincar com o Ricardinho Castilho (PV), de quem deveria ser o candidato a prefeito do Partido Verde, era seu pai Ricardo Castilho, que já fora ‘alcaide’ nos idos dos anos 1970. Dr. Ricardo já falou publicamente que foi o responsável pelas as eleições de 2008 e 2012, para João Luís (PT) e Célio de Oliveira (na época pelo PSD). Não está na hora de ganhar uma eleição, sendo ele o candidato a prefeito?
CISA
E na próxima terça-feira, 29, a partir das 19h30, a Câmara Municipal realizará audiência pública sobre o possível fechamento do Consórcio Intermunicipal de Saúde. Foram convidados representantes da direção do CISA, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Conselho Municipal de Saúde e vereadores e prefeitos dos municípios integrantes do consórcio.
Poeta
Em julho do ano passado, eu tinha a honra de conversar com o professor de matemática, Maurílio Machi, que se aventura brilhantemente pelo mundo poético das palavras. Na oportunidade ele apresentara ” Acolhimento ou Recuso”, o livro que seria lançada na Bienal do Livro em São Paulo. Infelizmente nesta semana, a vida e seus desígnios o tirou de nós. Mas seu legado e suas obras ficaram para relembramos com carinho desse grande homem.
Contradições
Ele dizia gostar das contradições, pois, todos nós somos contraditórios o tempo todo. Como pode perceber no poema Fábula de “Faces e Fases” –
“Por detrás do muro/ Espreita a vida/ Não a sua vida/ Mas, talvez a vida que gostaria de ter/ A vida que não viveu/ Que não vive/ E que possivelmente/ Não viverá”.
Sarau
E no dia 1 de Outubro, Penápolis participa do Desafio “Dia de Ler, Todo dia!”, uma mobilização nacional pela leitura. Durante todo, das 09h às 21h, a página no Facebook da Biblioteca Fausto Ribeiro Penápolis, receberá fotos e vídeos de pessoas sozinhas ou em grupo lendo seus livros preferidos, contando pontos para a cidade. Como prêmio, o município ganhará um kit de livros novinhos para as duas bibliotecas municipais. Para encerrar as atividades do dia, a partir das 19h, terá o Sarau na Biblioteca Municipal ” Prof. Fausto Ribeiro de Barros”. Estão todos convidados.
Picadeiro
A Praça Dr. Carlos Sampaio Filho, será palco hoje (25), a partir das 20h, do espetáculo “Metro y Medio”, com a palhaça Maku Jarrak. É um espetáculo que emociona através da expressão corporal e da comunicação cômica, provando que o humor é universal. Ela é dirigida por um dos mais referentes palhaços latino-americano, o Payaso Chacovachi (que esteve em Penápolis durante o Circuito Sesc de Artes). O evento é uma promoção do Governo do Estado de São Paulo, através do Circuito Cultural Paulista.
Doações
Publicamos durante a semana aqui no INTERIOR que os adolescentes do Interact Club de Penápolis iniciaram uma campanha de arrecadação de alimentos, de produtos de limpeza e de materiais em geral para doar aos desabrigados de Panorama, município distante a 220 km de Penápolis. A arrecadação vai até o dia 14 de outubro, podendo ser entregues as doações a um dos interactianos.
Piloto
Estão abertas as inscrições no Aero Clube de Penápolis, o Curso Teórico de Piloto Privado. O curso é o primeiro passo para quem deseja se tornar um piloto de avião. No final desta primeira etapa o aluno se submeterá a uma prova teórica da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). Caso seja aprovado, estará apto a concluir o treinamento prático. O inicio será dia 15 de outubro. Maiores informações: 3652 2617 e aeroclubepenapolis@gmail.com.
Alguma sugestão, crítica ou elogio mande para ricardo@ricardofaria.com.br. E acesse: www.ricardofaria.com.br

PITACOS #27

CISA 
Na edição de ontem (10), publicamos aqui no INTERIOR uma matéria sobre o possível fechamento do CISA (Consórcio Intermunicipal de Saúde), que engloba as sete cidades da microrregião – Penápolis, Avanhandava, Barbosa, Glicério, Braúna, Alto Alegre e Luiziânia. A verdade é que a empresa pública de natureza privada criada em 1986, está mal financeiramente. São mais de 24 milhões de dívidas com INSS patronal e o FGTS não é recolhido desde setembro do ano passado. 
Fechamento
Mesmo com todo esse cenário, a diretora geral Renata Vidal afirma que não tem hipótese alguma de fechamento do CISA. Do outro lado, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Penápolis Anderson Leone, o Batata, está mobilizando servidores, vereadores e comunidade para discutir o assunto numa audiência pública que será convocada pela Câmara Municipal de Penápolis. 
Médicos
No pequeno expediente da última sessão, o vereador Francisco José Mendes, o Tiquinho, ao comentar o sofrimento de uma cidadã que usara a tribuna da Câmara, disse que a empresa que atuar no Pronto Socorro Municipal contrata médicos que se “formaram ontem” e que se fosse assim era melhor não ter médico. De pronto o vereador Dr. Rodolfo rebateu a fala do parlamentar dizendo que muitos dos profissionais do Pronto Socorro fizeram residência e tem experiência para estarem ali. 
Leite de Pedra 
O prefeito Célio de Oliveira (PSD), tem dito nos últimos meses que a Administração está “tirando leite de pedra” e que se não alterasse os pagamentos de pequeno valor de 20 para 6 salários mínimos, de ações judiciais transito e julgados pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, a Prefeitura de Penápolis não suportaria até o fim deste ano. 
Cargos 
Pois bem, nas últimas duas semanas, a administração municipal enviou para a Câmara de Vereadores, dois projetos que criam quatro cargos de encarregaturas – Chefia de Serviços e Licitações; Chefia de Transporte Público; Serviço do INCRA e Serviço de Inspeção e Fiscalização dos produtos de origem animal. Nos dois primeiros, 10 de 12 vereadores com direito a voto votaram contra, rejeitando assim a criação dos mesmos. Já no de Chefia do INCRA, os parlamentares foram bem claros que a prefeitura deve extinguir alguns cargos para obter êxito. No caso do Serviço de Inspeção e Fiscalização dos produtos de origem animal, a mudança será apenas de secretarias, saindo da Secretaria de Saúde e indo para o de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente. 
Mulheres
Acontece hoje, 11, a partir das 7h30, a 2ª Conferência Municipal de Políticas para Mulheres. Com o tema “Mais direitos, participação e poder para as Mulheres” o evento vai avaliar o que já está sendo desenvolvido e definir estratégias para avançar fortalecendo ainda mais as políticas públicas para as penapolenses. O encontro será no CEU das Artes, rua Manoel Foz, 515, na Vila Aparecida. 
Trânsito
Também hoje, 11, mas a partir das 19h30, a Câmara Municipal de Penápolis realiza a audiência pública sobre a municipalização do trânsito. 
Serão discutidos entre outros assuntos: os benefícios da municipalização, criação da Junta Administrativa de Recursos e Infrações, a estruturação administrativa, as obras de engenharia, a ordenação do fluxo de veículos e pedestres, sinalização, regulamentação de estacionamentos e programas de educação, preparação técnica, adequação legal do município às normas e leis do trânsito.
Ministérios
E não é que os possíveis cortes de ministérios no governo federal está dando o que falar? A presidente Dilma Rousseff determinou que houve diminuição de apenas 10 dos 39 ministérios existentes. Mas o Ministro de Planejamento, Nelson Barbosa sugeriu o corte de 15 pastas. Entre as possíveis mudanças está a incorporação do Desenvolvimento Agrário à Agricultura ou ao Desenvolvimento Social, e a extinção do Turismo. 
Cultura 
Nesta mudança, o MinC (Ministério da Cultura) poderia voltar a integrar o Ministério da Educação. Entidade que militam na área cultura já se mobilizam contra esse possível retrocesso. É inadmissível que o MinC desapareça, pois é o único espaço oficial possível da disputa do pensamento, da reflexão e do simbólico no governo federal. #MinCResiste
Abandono
Fechar o MinC hoje seria abandonar a cultura tradicional indígena, quilombola, dos povos de terreiro, de matrizes africanas, do Circo – que apenas nos últimos 10 anos conseguiram alguma representação junto aos poderes públicos. Seria abandonar os artistas, fazedores e pesquisadores de Teatro, Dança, Artes Visuais, Cinema, Hip Hop, além de todas as linguagens embrionárias advindas da relação contemporânea entre tecnologia e Arte. Seria abandonar a construção cotidiana da subjetividade dos brasileiros.
Exposição
Está aberta à visitação gratuita a exposição “Uma ideia sustentável”, instalada no Museu do Sol. A exposição conta com cerca de 60 trabalhos artísticos criados pelos alunos do Ateliê do Museu do Sol. São obras desenvolvidas ao longo do primeiro semestre, cuja temática abordada foi a sustentabilidade do planeta e o reaproveitamento de materiais. A exposição é aberta ao público e pode ser apreciada de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h, na Avenida Rui Barbosa, 798, centro.
ricardo@ricardofaria.com.br | www.ricardofaria.com.br 

DOIS NOVOS CARGOS PRA QUÊ?

Nas últimas semanas, o prefeito Célio de Oliveira, choramingou em sua coluna semanal de que a administração está “tirando leite de pedra” e que se não alterasse os pagamentos de pequeno valor (até 20 salários mínimos) “a Prefeitura não suportaria até o fim deste ano”. Pois bem, então por que o executivo está mandando um projeto de lei que cria dois novos cargos – Chefia de Serviços e Licitação e do Transporte Público?
Lembro-me que na Assembleia dos Servidores Públicos Municipais de Penápolis, em fevereiro desse ano, Célio explicou aos presentes que além de buscar e incrementar novas receitas, teria que reduzir gastos.
Para isso iria fazer uma revisão nos cargos de encarregaturas e chefias, mas principalmente, economizar de 60 a 70% dos R$ 4 milhões em horas extras previstos para esse ano.
Daí eu pergunto: Fez a revisão de cargos de encarregaturas e chefias? Creio que não, pois, se tivesse não estaria criando mais duas não é!? E economizou de 60 a 70% dos valores gastos em horas extras? Mostre-nos os números.
Infelizmente sabemos não foi feito o dever de casa. Pois se o tivesse feito, não teria proposto algo tão descabido. Querer mudar a regra dos passivos é jogar o problema para debaixo do tapete – decerto que se mudasse de 20 para 6 salários mínimos (R$ 4.728,00), o “bolo” dos precatórios daqui a alguns anos seriam bem maior do que o é hoje.
Sugiro que concentre forças para valer a isonomia [segundo o qual todos são iguais perante a lei; não devendo ser feita nenhuma distinção entre pessoas que se encontrem na mesma situação] e assim acabar com o privilégio de apenas 200 servidores em detrimento dos mais de 1.600 funcionários públicos; ao invés de criar novos cargos. 
Você acha pertinente a criação desses dois novos cargos? Deixe sua opinião.

PITACOS #26

Agradecimentos 
Esperei pacientemente 555 dias. Foi quando procurei o jornalista Gilson Ramos pedindo um espaço opinativo semanalmente no INTERIOR, pois, não gostaria deixar de dar os meus “pitacos” sobre os acontecimentos da cidade. Na época, ele me fez uma contraproposta e aqui estou, um ano e cinco meses depois escrevendo diariamente a página 3. Agora surge nova oportunidade, escrever quinzenalmente em um dos maiores jornais da história da cidade. Espero honrar com louvor e dedicação. 
Conferência 
Na quarta-feira (26), a Prefeitura de Penápolis, através da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Juventude, em parceria com o Conselho Municipal de Juventude e Secretaria Municipal de Cultura realizaram no CEU das Artes, a 3ª Conferência Municipal de Juventude. Na oportunidade teve a participação de mais de 100 jovens de diversas escolas públicas e particulares do município.   
Conferência II
Durante a conferência tanto o prefeito Célio de Oliveira, como, alguns secretários ficaram deslumbrados com o tanto de jovens que o Conselho Municipal de Juventude, conseguiu mobilizar para essa etapa. Foi sem dúvida e sem medo de errar, a maior das três etapas que já realizamos. Queria agradecer as funcionárias da Secretaria de Esportes – as professoras Regina e Márcia e a estagiária Fabriny. Da Secretaria de Cultura, Luiz Colevatti e Norberto Belan. E os membros do Conselho Municipal de Juventude, pelo belíssimo trabalho desenvolvido antes e durante o evento. 
Propostas
Uma das propostas e recorrentes na Conferência Municipal de Juventude é a efetivação da Coordenadoria Especial de Políticas de Juventude criada em 2005 e até agora sem um coordenador de fato. Todos os jovens foram unânimes em entender a importância de ter um espaço dentro do governo que pense as políticas públicas para os jovens. Sem dúvida, o Conselho de Juventude vai encampar essa bandeira. 
Propostas II
A conferência propôs 11 temas de discussão e entre eles o de Território e Mobilidade Urbana. E não é que a juventude pensa diferente do governo? Eles elaboram uma proposta de expansão comercial para os bairros, que busca incentivar novos corredores comerciais. Diferentemente do projeto do governo municipal com o densamento ainda maior no centro. Espero que com essa resposta da juventude, o governo possa repensar suas atitudes, pois, só beneficiam meia dúvida de pessoas. 
Estadual 
Durante a 3ª Conferência Municipal de Juventude, foram eleitos dois jovens para a etapa estadual da Conferência, a ser realizada entre os dias 9 e 11 de outubro, em Atibaia, onde terão mais de 2 mil jovens discutindo e propondo ações para melhorar as Políticas Públicas de Juventude no Estado de São Paulo. Os representantes penapolenses serão Larissa Gimenes e Leandro Martins da Rocha. 
Conselho
Também houve durante o evento, a eleição de cinco jovens que farão parte do Conselho Municipal de Juventude nos próximos dois anos. São eles – Lucas Pereira, Damaris Sonsino, Cyntia Giovana Martins, João Victor Adriano e Maria Eduarda. O Conselho reúne-se toda primeira segunda-feira do mês, sempre às 14h, na Sala Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação. Exceto em setembro que a nossa reunião será no dia 14, pois, dia 7 é feriado. 
Campeão 
Ocorreu na tarde de ontem (27), uma linda homenagem ao nadador penapolense Thiago Simon, campeão dos 200m peito no Pan-Americano de Toronto no Canadá. Ele recebeu das mãos do prefeito Célio de Oliveira um certificado de reconhecimento pela conquista e depois percorreu as ruas da cidade em cima do caminhão de bombeiros até o Parque Aquático (onde tudo começou). Lá descerrou placa em sua homenagem. 
Sarau
Amanhã (29), no Anfiteatro do CEU das Artes, a partir das 19h30, o Coletivo Feminista Cora Coralina realiza o Sarau Liberdade e Resistência Feminina. O evento tem como objetivo, além de, discutir as questões das mulheres através da música, da poesia, do teatro e de intervenções artísticas, divulgar a 2ª Conferência Municipal da Mulher que ocorrerá em setembro. Além disso, as mulheres do coletivo estão preparando um brechó com roupas, calçados e acessórios em geral com valor máximo de cada peça R$7,00. 
Cotas 
Também amanhã, a Lei 12.711/2012 (Lei das Cotas nas Universidades) completa três anos. Até 2015, a medida já ofertou aproximadamente 150 mil vagas para os negros, o que provou ser um instrumento eficaz para reduzir as desigualdades existentes na sociedade. A medida permitiu o ingresso no ensino superior de jovens que normalmente não teriam essa chance. Além das vagas garantidas pelas cotas, os estudantes negros também têm acesso ao Fies e o Prouni, que auxiliam no ingresso e na permanência em instituições privadas de ensino superior.

CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE ELEGE NOVA DIRETORIA

O Conselho Municipal da Juventude de Penápolis elegeu na tarde de segunda-feira (3), nova diretoria para o biênio 2015/2016. A eleição e posse da mesa diretora aconteceram na Sala Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação.

A diretoria foi eleita por aclamação dos membros presentes e ficou constituída da seguinte forma: Presidente, Ricardo Faria; Vice-presidente, Larissa Gimenes Rodrigues, 1º secretário, Ian Akutsu Gimenez Kulaif e 2º secretário Keoma Ferreira de Goes. Eles estarão à frente do Conselho Municipal da Juventude pelos próximos dois anos.

De acordo com o presidente Ricardo Faria, um dos objetivos do Conselho da Juventude é realizar a 3ª Conferência Municipal de Juventude, no próximo dia 26, a partir das 8h, no CEU das Artes
“Na oportunidade vamos discutir ações que melhore as condições de acesso da população jovem ao esporte, saúde, lazer, cultura e demais atividades”.

De acordo com ele, o Conselho tem bastante representatividade, sendo composto por membros de diversos segmentos, entidades e secretarias, o que favorece a busca por melhorias e garantia dos direitos da juventude penapolense.

As reuniões com os membros do Conselho da Juventude serão realizadas mensalmente, toda primeira segunda-feira do mês, onde são discutidos alguns assuntos previamente pautados.
“Neste primeiro momento, queremos ouvir a juventude para saber quais são as reais demandas da rua, pois, somente assim conseguiremos formalizar as políticas públicas de juventude”.

De acordo com ele, instituições que já fazem parte do COMJUV como: Unidos pela Vida, COPEP (Conselhos de Pastores de Penápolis), Pastoral da Juventude, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Penápolis, Demolay, Interact e Adefipe (Associação dos Deficientes Físicos de Penápolis)
CONFERÊNCIA
No próximo dia 26 de agosto, a partir das 8h, o CEU das Artes sediará a III Conferência Municipal da Juventude de Penápolis. O evento é realizado pelo COMJUV (Conselho Municipal de Juventude), em parceria com a Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude e terá como tema “Juventude em rede para a cidadania”.

A Conferência tem o objetivo de debater temas da cidade, articular e integrar políticas públicas e elencar prioridade e metas a serem implementadas nos próximos anos.
Além disso, o evento pretende eleger cinco membros de 15 a 29 anos da sociedade civil para fazerem parte da próxima gestão do Conselho Municipal de Juventude.

Para o presidente do órgão, essa é mais uma importante oportunidade que o jovem tem para discutir a cidade.“Nós dois últimos anos, vimos os jovens reivindicarem melhores condições nos estágios da prefeitura, vimos também jovens que participam de campeonatos de som automotivos requerem espaços para mostrarem seus equipamentos, sem contar, das 400 pessoas que participaram manifestação em junho do ano passado, com isso, temos certeza que tem uma geração de jovens que desejam mudança na cidade”, comenta.

A conferência é aberta a toda comunidade. Durante o encontro terá apresentações artísticas, bem como, coffee break para os presentes.

Confira programação:
8h – Credenciamento

8h30 – Abertura da 3ª Conferência Municipal da Juventude

9h – Palestra e Apresentação do Conselho Municipal de Juventude

9h30 – Grupos de Trabalhos: Trabalho; Educação; Saúde e Vida Segura; Cultura; Esporte    

11h – Coffee Break  e Apresentação Cultural

11h30 – Plenária: Apresentação das propostas levantadas nos grupos de trabalho; Eleição dos membros para o Conselho Municipal de Juventude e Eleição para 3ª Conferência Estadual de Juventude de São Paulo.


12h30 – Encerramento

MOSTRA DE FOTOGRAFIAS DE CELULAR INICIARÁ NO PRÓXIMO DIA 30

Foto: Mônika Norte
Os trabalhos dos fotógrafos que participaram do Concurso e Mostra de Fotografias de Celular “Existe amor em Penápolis”, promovido pelo Blog do Faria, poderão ser apreciados a partir do próximo dia 30 de junho, às 20h, no Museu Histórico e Pedagógico “Memorialista Glaucia Maria de Castilho Muçouçah Brandão”, na Praça 9 de julho, quando haverá o lançamento da Mostra de Fotografias de Celular. As fotografias passaram por duas etapas desde o seu inicio. 
Na primeira, as fotos foram submetidas ao júri técnico composto por cinco fotógrafos da nova geração: Belle Guimarães, Eduardo Simão, Everton Campanhã, Karen Scudeller e Luan Ferreira.
“Eles avaliaram conforme os critérios estabelecidos pela organização – Coerência com o tema, Originalidade, Criatividade, Qualidade das Fotografias e Emoção captada pela foto”, comenta o jornalista Ricardo Faria. 
Na segunda etapa, as fotografias foram publicadas na página do blog no Facebook, podendo receber ‘curtidas’. O conjunto de fotografias com mais ‘curtidas’ foi vencedora do júri popular. 
Todos os concorrentes ganharão certificado de participação, além de terem suas fotografias inseridas no acervo permanente do Museu Histórico. 
Já o ganhador do júri técnico levará para a casa, uma máquina fotográfica oferecida pelo PS! Presentes. E para o vencedor do júri popular, um par de óculos escuros da Objetiva Ótica e Foto. 
O evento é promovido em parceria com o Museu Histórico e Pedagógico “Memorialista Gláucia Maria de Castilho Muçouçah Brandão”, através da Secretaria Municipal de Cultura e Prefeitura de Penápolis. 
“A ideia de montar a exposição e percorrer diversos pontos do município para mostrar o trabalho desses fotógrafos que mesmo armadores têm um olhar interessante sobre a cidade, afinal, queremos proporcionar ao participante a oportunidade de reflexão sobre a cidade – Como que você vê o município? O que mais te chama atenção? Existe gentileza em Penápolis? E beleza também existe?
CONCURSO
O Concurso e Mostra de Fotografias de Celular “Existe Amor em Penápolis”, teve como objetivo retratar o patrimônio material e imaterial (histórico, arquitetônico, natural, artístico, religioso, folclórico) da cidade de Penápolis.  
De acordo com o Faria, o concurso foi aberto a qualquer interessado, tendo de ser obrigatoriamente morador do município de Penápolis.
EXISTE AMOR EM PENÁPOLIS
O Concurso e Mostra de Fotografias de Celular “Existe Amor em Penápolis”, faz parte de um projeto maior que o blog desenvolverá em 2015, intitulado “Existe amor em Penápolis”. 
Parafraseando Criolo, um dos maiores rappers da atualidade, onde ele diz: “Não existe amor em SP”, o Blog do Faria criou o projeto. Iniciativa que norteará todas as ações pelo ano inteiro, onde se comemora cinco anos do blog. 
De acordo com Ricardo, o projeto consiste em sete atividades que irá propor para a sociedade penapolense momentos de reflexão sobre a própria cidade trazendo a tona novos modos de pensar, de construir e de ocupar os espaços que lhes são devidos, afim de, garantir direitos fundamentais à cidade e a cidadania.
Para conhecer o projeto basta acessar o blog na internet www.ricardofaria.com.br e a página no facebook – fb.com/blogdofaria.

OS BASTIDORES DO PODER

Alguns fatos que estão pela superfície…

Há mais de 15 dias, nós jornalistas, fomos surpreendidos por volta das 16h, de uma sexta-feira, 29 de maio, com a informação de que a Santa Casa iria suspender novas internações hospitalares. Corremos ao Fórum de Penápolis, pois, os irmãos remidos e os diretores, capitaneados pelo vice-prefeito de Penápolis, Ricardo Castilho, iriam protocolar o comunicado junto ao juiz de direito, Dr. Heber Gualberto Mendonça, da 4ª Vara.
No sábado, 30, a Prefeitura realizou a 6ª Conferência Municipal de Saúde, na Funepe (Fundação Educacional de Penápolis) e, tanto o prefeito Célio de Oliveira e o promotor de justiça, Fernando Cesar Burghetti falaram sobre o assunto, sendo o promotor o mais incisivo.
“Quero deixar um recado para as autoridades que fazem saúde pública nesta cidade. Não se esqueçam da população, o povo, parem de politicagem pelo amor de Deus”.
Na segunda-feira, 1 de junho, o promotor de justiça, usando de suas atribuições com muita agilidade, instaurou um Inquérito Civil para averiguar a suspensão, bem como, solicitou ao juiz de direito Dr. Heber, a abertura de uma Ação Civil Pública contra a Irmandade da Santa Casa, que no mesmo dia foi indeferido.
O juiz entendeu que suspensão dos atendimentos feita pela a Irmandade foi correta devido a entidade ser de cunho filantrópico e, portanto, dependente de ajuda alheia, principalmente, de verbas públicas.
Outra atitude do promotor foi enviar um ofício ao prefeito Célio de Oliveira, recomendando que adotasse as providências possíveis no sentido de manter o atendimento à população, quiçá com a intervenção¹ na Santa Casa de Penápolis.
Pois bem, prefeito Célio de Oliveira sem tomar conhecimento da decisão do juiz, preferiu intervir na Santa Casa de Misericórdia, destituindo a direção e o Conselho Gestor dos Irmãos Remidos, entre eles, o superintendente Antônio Crozatti e o Administrador Hospital Roberto Bastos.
No decreto, o prefeito Célio de Oliveira declarou Estado de Calamidade Pública no setor hospital, onde deu-lhes poder de comprar qualquer tipo de medicamentos, produtos ou serviços sem a necessidade de licitação, além disso, nos próximos 18 meses de intervenção, ficou facultado ao gestor-presidente a possibilidade de contrair empréstimos ou financiamento em qualquer instituição financeira em nome da Irmandade.
Nossa que bacana né!? Agora o prefeito Célio de Oliveira é o nosso Sassá Mutema? o nosso Salvador da Pátria? Definitivamente não é!
Outros fatos que estão nas profundezas…
Fazendo meu papel de repórter em poucos minutos podíamos perceber que aquela suspensão não era meramente uma simples suspensão por falta de medicamentos. Era sim, uma decisão política, visto que, dois dias antes a Santa Casa de Misericórdia figurava nas manchetes dos jornais da cidade e da região – ‘Auditoria na Santa Casa’ e ‘Transparência na Santa Casa’.
A Irmandade era o único reduto que o vice-prefeito Ricardo Castilho [o mesmo que não renunciou], tinha para continuar na vida política da cidade, principalmente, para manter contato com antigos aliados através do ex-administrador hospitalar, Roberto Bastos, atual tesoureiro do Partido dos Trabalhadores.
Desde 2013, o prefeito Célio de Oliveira desejava indicar alguém de sua confiança para o gerenciamento do hospital, entretanto, nunca fora atendido. Esse ressentimento o fez dar xeque-mate em seu vice.
Essa briga política vem desde meados da campanha eleitoral de 2012, quando os dois antes mesmo de assumirem o mandato já haviam rompido relações.
Tanto é que após a intervenção, o prefeito foi ao rádio usando de sua habilidade comunicacional para “pedir” ajuda à Santa Casa de Misericórdia, no projeto ‘Santa Casa Viva’. A pergunta fica: Por que não ajudou antes?
O que fica nas entrelinhas é que Célio de Oliveira quer a muito tempo colocar a Santa Casa nas mãos de uma OSs (Organização Sociais de Saúde). Porém, vira é mexe essas organizações são alvos de denúncias de corrupção em contratos com o governo do Estado de São Paulo. O que pode acontecer nos próximos 18 meses!
Além disso, a atual gestão terá todos os poderes para contrair empréstimos e financiamentos em nome da Irmandade. Isto é, poderá fazê-lo com valores astronômicos, consertando problemas crônicos como as compras de transformadores e geradores novos, a colocação de ares condicionado em toda a ala SUS, bem como, a reforma e pintura do prédio.
Porém, após os 18 meses quem vai pagar a conta dos empréstimos? Pois, se feitos serão em nome da Irmandade. Não tenho dúvidas que essa conta serão pagos por todos nós!
Enquanto isso…
Como fizera com a Casa de Apoio de Penápolis em Barretos, o prefeito Célio de Oliveira tentará usar a Santa Casa de Misericórdia para garantir a sua reeleição em 2016.

Por fim, quero deixar claro que a ideia desse texto é relatar os bastidores do poder – simplesmente os bastidores, sem fazer juízo de valor quanto ao fechamento do hospital para novas internações. 

[1]Pelo histórico ditatorial que a palavra Intervenção carrega, ela deveria ser banida do nosso dicionário. 


AINDA PODEMOS ACREDITAR NO BOM SENSO!

Mais uma vez os vereadores do PSDB – Francisco José Mendes, Luiz Antônio Alves de Oliveira e Fábio Pereira da Silva, mostraram de que lado eles estão. É lógico, contra o povo.
Eles tentaram de todas as formas aprovar um projeto que censura os cidadãos penapolenses de usar a tribuna mais de uma vez dentro de um mês.
Mas, o bom senso dos vereadores – eleitos pelo povo – falou mais alto. É inadmissível que tal descalabro acontecesse. Não podemos pagar a conta por causa de um ‘caboclo’ que usa demasiadamente o espaço para jogar loas ao prefeito.
Aos vereadores que prenunciaram contra esse projeto – Caíque Rossi (PSD), Rogério Pardim (Sem Partido), Lucas Casella, Rodolfo Valadão Ambrósio (PROS) e José Santino (PT), nossos sinceros agradecimentos, lembrando-os que nossa batalha ainda não terminou, pois, esse infortúnio só foi adiado por tempo indeterminado.
PS: O presidente da Câmara, Alexandre Gil de Melo (PT), com o voto de minerva podendo colocar o projeto em pauta e fulminá-lo de vez, decidiu pelo adiamento, protelando ainda mais esse assunto.

PS 1: Os parlamentares que não citei aqui é porque não sei qual era a opinião sobre o projeto.  

Não vão nos calar tão facilmente! 

QUEREM NOS CALAR!

Na noite de hoje (15), a Câmara de Vereadores de Penápolis, projeto de resolução, do vereador Francisco José Mendes, o Tiquinho (PSDB), que suprime o direito do munícipe de voltar a tribuna livre dentro de 30 dias, caso não tenha o número máximo de dois oradores.Isto é querem nos calar!
De acordo com o Regimento Interno, a tribuna livre é o espaço democrático existente nas sessões ordinárias da Câmara, franqueado aos munícipes que, através dela, queiram manifestar-se sobre assunto relevante de interesse coletivo, expondo suas opiniões pessoais.
Atualmente o regimento diz no art. 146 que: “O munícipe que usar da palavra na Tribuna Livre não poderá voltar a fazê-lo dentro dos trinta dias subsequentes”.
Porém do parágrafo único  do artigo existe um dispositivo que permite o munícipe voltar. “Não se aplica o disposto neste artigo se o munícipe, dentro dos trinta dias, inscrever-se para usar da palavra quando não houver o número máximo de dois oradores”.
Isso é: Atualmente, se um munícipe usar a tribuna em uma semana, ele pode voltar na semana seguinte, caso o número de inscritos para usar a tribuna livre não seja maior que duas pessoas.
Agora, caso o projeto de resolução seja aprovada, a oportunidade do munícipe voltar a tribuna livre dentro dos 30 dias será retirada e assim com ela a chance de construir uma cidade melhor.
Para você ter uma ideia, atualmente, o tempo máximo é de 12 minutos para ser divididos em até quatro pessoas. Entretanto, mesmo que haja uma única pessoa, ela terá o tempo máximo de três minutos. Agora, quando a convidados especiais esse tempo diminui para 8 minutos apenas.
Agora você imagina ter que aguardar um mês para expor os problemas da sua cidade? É justamente isso que o Tiquinho quer!
O que você acha disso?

INTERNET É CELEBRADA E LEMBRADA COMO ALGO INDISPENSÁVEL NOS TEMPOS ATUAIS

Uma das principais invenções da humanidade, a internet é comemorado hoje fazendo alusão  ao poder de comunicação que ela proporciona 
Você vive sem internet hoje? Você lembra como era sua vida sem a internet? Ou você é da faixa dos 30 anos que já nasceu com o advento na internet, mas, que presenciou a transição do analógico para o digital? Essas questões nós faz refletir todos os dias. 
Muito provavelmente essa matéria não seria realizada com a rapidez e a praticidade que ela [a internet] nos proporciona. Todos os entrevistados dessa reportagem – a blogueira Mirela Ortega, o web designer David Willian, o economista Lucas Sablewski e o psicólogo Júlio Ribeiro foram “ouvidos” via internet. 
Mas você sabe o que é a internet? A Internet é um sistema global de redes de computadores interligadas que utilizam o conjunto de protocolos padrão da internet que serve vários bilhões de usuários pelo mundo afora.
Ela é uma rede de várias outras redes, que consiste de milhões de empresas privadas, públicas, acadêmicas e de governo, com alcance local e global e que está ligada por uma ampla variedade de tecnologias de rede eletrônica, sem fio e ópticas. 
Entre os estudiosos da internet não há um consenso sobre a data exata em que ela surgiu, mas foi em algum momento em meados da década de 1980, mas a sua comercialização se deu na década seguinte, incorporando a rede internacional em praticamente todos os aspectos da nossa vida. 
A internet permitiu e acelerou a criação de novas formas de interações humanas através de mensagens instantâneas, fóruns de discussão e redes sociais, fazendo com que a maioria das comunicações tradicionais como – telefone, música, cinema e televisão, mas também, jornais, livros e outras publicações impressas sejam redefinidas pela internet. 
Não é a toa que em junho de 2012, mais de 2,4 bilhões de pessoas – pouco mais de um terço da população mundial — usaram os serviços da internet; cerca de 100 vezes mais pessoas do que em 1995. 
Para o web designer David Willian, de 22 anos, um aficionado pela internet é um dos bilhões de pessoas que usam dela como a principalmente ferramenta de seu trabalho, aliás, sem ela tal função nem existiria. 
“Os meus primeiros passos na internet foi nos computadores da biblioteca municipal. Na época eu tinha 11 para 12 anos e como não podia usar sozinho, minha avó fez o cadastro e eu acessava na companhia dela”.  
Hoje David não se vê sem a internet, pois, o que mais lhe chama a atenção é o desenvolvimento comunicacional que internet proporcionou a todos. 
“Não muito distante, as principais ferramentas de contato era a carta e o telefone. A carta, por exemplo, foi substituído pelo e-mail. Já o telefone existem diversos aplicativos de voz que substitui uma ligação”. 
Da curiosidade surgiu o trabalho, pois, foi em fóruns de jogos a primeira oportunidade de emprego. “Trabalhava moderando um fórum. Na época era a realização de um sonho ganhar dinheiro e ainda poder ganhar status no jogo. Hoje eu vejo aquilo como diversão”. 
De lá pra cá, depois dos interesses por imagens começou a trabalhar com web designer fazendo layouts, imagens para sites de empresas da cidade. Perguntando se viveria sem internet David respondeu: Viveria sim, mas não pretendo. 
É o mesmo caso da blogueira Mirela Ortega, que acha que viveria sim, pois, a internet é apenas uma ferramenta para agregar. “Só acho que se não tivesse ela o ser humano iria inventar outro tipo de inovação”. 
Para ela, a internet como tudo na vida tem o lado bom e ruim. Segundo ela, a rede mudou sua vida tanto na praticidade do dia a dia quanto no trabalho. 
“Pelo fato de trabalhar com a internet conheci diversas pessoas, de longe, de perto, conheci várias empresas e tive a oportunidade de ganhar dinheiro com ações publicitárias” e continua: “Sou da época em que não se tinha internet e consigo perceber como facilitou nossa vida. Temos acesso rápido a qualquer assunto que fizermos e conseguimos de fato resolver nossa vida pela simples tela de nosso celular e essa tal de internet”. 


E-COMMERCE
Segundo o economista Lucas Sablewski, que trabalha na área desde 2009, o e-commerce é um negócio como outro qualquer, mas que tem as diferenças de uma empresa convencional.  
“Esses tipos de lojas requer mão de obra qualificada e estrutura diferente de uma loja física. O contato do cliente com o produto é apenas visual, mas ter um a boa conduta e reputação e essencial, pois, é um seguimento q cresce acima da média da economia”. 
Para ele este mercado esta em crescimento. “Estamos otimista com o futuro. Tenho loja virtual de informática e vestuário. No setor de informática, por exemplo, já está bem enraizado na cidade e região”. 
Lucas salienta ainda que é difícil encontrar alguém que ainda não tenha comprado pela internet. “Já existem em Penápolis empresa de alimentação que aceita o pedido pelas redes sociais, sendo um comércio destinado apenas para o público local. 
O segmento de vendas pela internet apresenta um crescimento acima de 25% ano após ano no Brasil. E apesar do cenário de crise no País, o e-commerce deverá crescer mais de 20%.

Psicólogo alerta sobre o uso de internet principalmente para crianças e adolescentes

É Indiscutivelmente que a internet é uma ferramenta que agrega em si inúmeras vantagens para a convivência entre as pessoas por mais distantes que estas estejam. Poder conversar em tempo real com um parente em outro país, realizar pesquisas em grandes bibliotecas virtuais, poder comprar as mais diversas mercadorias sem sair de casa são apenas alguns dos benefícios que a internet trouxe à vida moderna.
Por outro lado, o mau uso desta importante ferramenta pode trazer prejuízos ao desenvolvimento humano principalmente em crianças e adolescentes. 
Para o o psicólogo clínico e aluno do programa de mestrado em Psicobiologia da USP – Ribeirão Preto, Julio Ribeiro o uso errado pode ser prejudicial. 
“O uso da internet, como o de qualquer outra tecnologia, pode se tornar prejudicial quando não há limite do tempo que se dispõe a ela.”, explica 
Para Julio, existem três importantes cuidados que se deve tomar com crianças e adolescentes que utilizam frequentemente a internet:
O vício na internet: “Na literatura, há diversos estudos que relacionam a dependência da internet como o da dependência química, pois em ambos os casos são estimuladas as mesmas áreas cerebrais mudando apenas o estímulo desencadeador da dependência.”, comenta o psicólogo que estuda a relação dos processos mentais com o comportamento humano. 
Os perigos do anonimato: “Com o advento da internet, vários casos de pedofilia e cyberbullying (bullying pela internet) foram e são cada vez mais notificados. O anonimato nas redes sociais através de um perfil falsos, por exemplo, provavelmente contribui para a facilidade do ato de se denegrir a imagem de alguém ou o compartilhamento de material impróprio.”.
A falsa socialização: “Muitos adolescentes acreditam que uma rede social com centenas, milhares de ‘amigos’ é sinônimo de socialização ou até mesmo de status. Apesar de acreditar que hoje não existe mais distinção de vida real e vida virtual, ainda vejo como imprescindível para um desenvolvimento saudável de crianças e adolescentes a vivência, as experiências corpóreas e sinestésicas que são incapazes de serem experimentadas através de um monitor.”.
Para ele é difícil imaginar como seria a vida hoje sem as facilidades proporcionadas pela internet. Seja para o entretenimento através de jogos ou passatempos até para a conversação e troca de informações no momento em que elas ocorrem.
“Sem dúvida que as redes sociais trouxeram novas formas de se relacionar e de unir ou desunir pessoas. A própria psicologia, com as devidas precauções, pode usar do Skype para realização de atendimentos de orientação psicológica entre psicólogo-paciente que se encontram distantes. Algo que aconteceu com seleção brasileira de futebol durante a Copa das Confederações em 2013″. E completa: “Com os devidos cuidados apontados, é possível que crianças e adolescentes possam usufruir de forma sadia os seus benefícios e ter tempos agradáveis frente monitores, telas ou smartphones”, finaliza. 

PENÁPOLIS REGISTRA PRIMEIRO CASO DE MENINGITE BACTERIANA

A Prefeitura de Penápolis através de sua assessoria de comunicação enviou nota a imprensa informando o aumento no número dos casos de meningite no município. De acordo com Secretaria Municipal de Saúde, por intermédio do SVE (Serviço de Vigilância Epidemiológica), há 12 casos confirmados, sendo que, a maioria é compatível com o diagnóstico de meningite viral. 
Entretanto, foi confirmado o primeiro caso de meningite bacteriana, sendo que o paciente segue internado e com boa evolução. Ainda existem cinco pacientes aguardando resultados de exames, que estão sendo feitos no Laboratório Adolpho Lutz, em Araçatuba. 
BACTERIANA 
A assessoria informa que no primeiro caso de meningite bacteriana foi descartada a meningite meningocócica, que é o tipo mais grave da doença. E por se tratar de meningite por meningococo, não há necessidade de bloqueio e ou interdição de ambientes como as escolas, conforme prevê protocolos da Secretaria de Estado da saúde. Segundo o SVE a maioria dos pacientes já teve alta e voltou a exercer suas atividades normalmente. 
SINTOMAS
Os sinais e sintomas de meningite podem surgir repentinamente: febre, dor da cabeça, rigidez ou dor no pescoço, náuseas e vômitos. Mudanças de comportamento como confusão, sonolência e dificuldade para acordar podem ser sintomas importantes. Em bebês, os sintomas podem ser febre, irritação, cansaço e falta de apetite. Sempre que alguém apresentar esses sintomas, deve procurar imediatamente uma unidade de saúde e iniciar o tratamento o mais rápido possível.
PREVENÇÃO
O Serviço de Vigilância Epidemiológica orienta que as medidas de prevenção são baseadas principalmente em higiene e limpeza, além da importância de manter ambientes arejados. São medidas preventivas:
  • Higiene pessoal: lavar as mãos por diversas vezes (antes de se alimentar, após usar o banheiro, depois de espirrar e tossir); utilizar preferencialmente toalhas descartáveis para enxugar as mãos;
  • Higiene Ambiental: manter os ambientes limpos e arejados, lavar banheiros com solução clorada duas vezes ao dia, evitar o uso de ar condicionado;
  • Higiene dos alimentos: lavar e desinfetar alimentos como frutas e verduras;
  • Higiene de utensílios e equipamentos: evitar o uso de bebedouro coletivo à pressão, utilizar copos descartáveis, desinfetar filtros e bebedouros com solução clorada, utensílios de uso individual como escovas, chupetas, mamadeira e mordedores devem ser separados.

DIÁRIO DE UM DENGOSO

O relato intrigante de um blogueiro e seu tenebroso martírio do mosquito Aedes aegypti
 
Redação do Jornal Interior | 27 de fevereiro, às 15h
Eu: Vandressa, está me dando calafrios…
Vandressa: Ué, será que você está com dengue?
Eu: Pelo amor, Vandressa! Será!? Vê se eu estou com febre?
Meu quarto | 28 de fevereiro, às 4h
Mãe: Meu filho acorda você está com quase 40 graus;
Eu: E o que eu devo fazer minha mãe?
Mãe: Acho que nós devíamos ir no Pronto Socorro!
Eu: Mas eu só vou se a ambulância me buscar.
Pronto Socorro | às 4h15
Médico 1: O que você tem?
Eu: Febre, dor no corpo, nas articulações […]
Médico 1: É dengue!
Eu: Como?
Médico 1: É dengue! Vai lá tire sangue e depois descanse bastante, ok?
Alguns minutos depois…
Enfermeira: Ricardo Faria! [me apresento] Vamos tirar o sangue?
Eu: Precisa mesmo?
Enfermeira: Sim. […] Agora retorne por volta da meio dia e pegue seus exames.
Posto de Saúde | às 14h45
Médico 2: Ricardo suas plaquetas estão normais. Os seus sintomas são de dengue, mas o exame não constatou ainda. Tome um soro e volte para casa e descanse bastante, ok!?
Em casa | às 20h33
(No telefone com minha amada Amanda)
Eu: Amor, por favor vem pra cá ficar comigo? Eu estou morrendooo…
Amanda: É… tá com dengue é?
Eu: É estou. Eu nunca mais vou ficar te zuando amor. Agora eu sei o quanto a dengue é um horror.
Meu quarto | 1º de março | às 06h
Eu: Mãe vomitei
Mãe: Mas meu filho você acabou de comer um pãozinho
Em casa | 2 de março
(Descansando bastante…)
…E vo […]
Em casa | 3 de março
(Descansando bastante…)
… mi […]
Em casa | 4 de março
(Descansando bastante…)
… tan […]
Em casa | 5 de março
(Descansando bastante…)
…E dooooo!
E a única coisa que eu pensava era…
Será que nosso alcaide já pegou dengue?
Ricardo Faria, 33, é jornalista, blogueiro e ativista social, natural de São Paulo – Capital, mora atualmente em Penápolis. É São-Paulino de coração e Penapolense de adoção. E assina o Blog do Faria – www.ricardofaria.com.br

SURTO DE MENINGITE VIRAL EM PENÁPOLIS

Como já não bastasse os mais de 3.500 casos de dengue (isto é os dados divulgados pela Prefeitura de Penápolis), a Secretaria Municipal de Saúde, por intermédio do Serviço de Vigilância Epidemiológica, divulgou na tarde de hoje o aumento no número de casos de meningite viral. 
De acordo com a assessoria de comunicação da administração municipal, desde o início deste ano, foram registrados 11 casos de meningite viral, sendo um caso no mês de janeiro e 10 casos no último mês, dos quais são crianças com idade entre dois a 11 anos. O que classifica até o momento como um surto de meningite viral. 
A nota explica ainda que até o momento estes casos foram diagnosticados como meningite viral que tende a ter cura na maioria dos casos. Sendo menos grave do que a meningite bacteriana.
A meningite viral é uma infecção causada por vírus que atinge a membrana que envolve a medula espinhal e o cérebro. É causada pelo enterovírus que se encontram na garganta e fezes das pessoas infectadas. O período decorrido entre a exposição ao enterovírus e o aparecimento dos sintomas é de 7 a 14 dias em média.
A meningite tem como sintomas: febre de início repentino, dor de cabeça, vômitos, rigidez de nuca ou dor no pescoço, sonolência importante e ou irritação, confusão. Em recém-nascidos e lactentes, os únicos sinais e sintomas de meningite podem ser febre, irritação, cansaço e falta de apetite. 
Conheça as principais medidas de prevenção da meningite
  • Limpeza e higiene são os fatores principais para a prevenção da doença;
  • Lavar as mãos com água e sabão. Para uso coletivo o sabão deve ser preferencialmente líquido. Ao secar as mãos, prefira toalhas descartáveis a toalhas de tecido;
  • Manter os ambientes sempre limpos e arejados e evitar o uso de ar condicionado;
  • Lavar os banheiros no mínimo 2x por dia, com solução clorada;
  • Lavar e desinfetar os alimentos, como frutas e verduras, com solução clorada;
  • Evitar o uso de bebedouros coletivos à pressão.

Com informações da Secretaria de 
Comunicação da Prefeitura de Penápolis

CIRCUITO SESC DE ARTES 2015 – O LANÇAMENTO

Até que enfim consegui sentar para escrever minhas impressões sobre o lançamento do Circuito SESC de Artes 2015. O evento aconteceu na terça-feira passada (07), no Sesc Pompéia, em São Paulo.
Cerca de 40 pessoas, entre elas, secretários municipais de cultura e comunicação, assessores de cultura, artistas e imprensa das seis cidades que receberão a caravana na região – Ilha Solteira, Andradina, Araçatuba, Birigui, Penápolis e Lins, estiveram presentes no encontro. Marinho Rodrigues – superior de comunicação do Sesc Birigui, Breno Alves – estagiário de comunicação e Clóvis Carvalho – Programador Cultural, foram os nossos anfitriões.  
A viagem foi tranquila, regada de bons papos e ótimos contatos que com certeza engrandecerão nosso trabalho aqui no Blog do Faria. Chegando lá, fomos recepcionados por artistas circenses, bem como, de grupos de cantigas populares que deram o clima cultural e de informalidade que o evento proporcionava.
COLETIVA
Foto: Ricardo Faria

Nós da imprensa, tivemos a oportunidade de participar da coletiva de imprensa com o diretor regional do SESC São Paulo, Danilo dos Santos Miranda, que nos recepcionou de forma brilhante, expondo o lugar emblemático em que estávamos – antiga fábrica desenvolvida pela grande arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi.

De acordo com Miranda, o Circuito Sesc de Artes – Conectando Lugares, Circulando Ideias chegará este ano a 108 cidades do estado. São números impressionantes – 12 roteiros, 68 trabalhos artísticos, sendo 392 artistas e 615 apresentações, em 547 horas de programação.
Ele explicou ainda que o circuito é uma ação efetiva calcada nas históricas, mas antigas caravanas sociais que o Sesc proporcionava nos idos dos anos de 1960/1970. “Sua programação é uma intervenção no cotidiano da comunidade local, levando um programa mais intenso do que extenso. […] Não esquecendo da ideia de proporcionar acesso e conhecimento das produções artísticas pelo país”, salienta.
A construção das programações que percorrem as cidades foram construídos sobre duas premissas: qualidade e democratização, bem como, o olhar daquilo que é tradicional, como também, daquilo que é contemporâneo. “A arte nos traz a memória das mais diversas questões. […] Nos impulsionando um olhar pra frente, sendo que arte nos ajuda a compreender nos provocando a reflexão – o que é bom ou ruim – nos tira da zona de conforto”.
“Arte não é necessária, ela é fundamental para transformar as pessoas”. Com essa frase justifica os cinco milhões de reais investidos nesta edição do Circuito SESC de Artes. Segundo Miranda, mesmo que o país esteja em um momento de suspensão financeira é importante o investimento em cultura.
E investimentos é que não faltam – ainda este mês inaugurará a unidade do Sesc em Jundiaí e no segundo semestre a unidade de Birigui. Ao ser perguntado como outras cidades fariam para obter uma unidade, Miranda foi categórico: “Nós temos a intenção de abrir em outras localidades, entretanto, seguimos um ranking que obedece três critérios – tamanho da cidade, porte financeiro/econômico/comercial e lideranças locais (influências de políticos como deputados estaduais e federais).
MOMENTO CULTURAL
Foto: Ricardo Faria

Após a coletiva, todos foram para a Choperia do Sesc Pompéia onde teve o show da lambada nortísta do compositor e multi-instrumentista Felipe Cordeiro, um dos destaques da cena musical do Pará, que apresentou o repertório de seu segundo disco solo, “Se Apaixone Pela Loucura do seu Amor”. O próprio músico classifica seu trabalho como “pop tropical”, no qual mistura os ritmos pop com o brega, a guitarrada e a lambada.

AS PEDRAS CONTÉM SUAS VERDADES

Giodarno Pedro | Flickr

Era uma vez na terra da Rainha Chica, vilarejo criado pelo único colunista “Falando Sério” do lugar, existia um prefeito que fora engraxate na rodoviária, mas que almejava ser um importante comunicador da massa. 

Com microfone na mão conquistou a confiança da dona de casa que o escutara e com os míseros 36% dos votos válidos (isto é sem a maioria), elegeu-se alcaide dessa longínqua urbe – localizada no antigo sertão desconhecido. 
Seu vice (que até agora não renunciou), e que se retirou dos holofotes para voltar lobo em pele de cordeiro, foi um dos primeiros e logo após as eleições jogar as pedras do Lajeado e do Maria Chica (rio que leva o nome da rainha), no locutor do povo.
Surpreendentemente e ao invés de recolher as pedras e construir uma barricada dos ataques que viria de todos os lados, juntou-as e distribuiu aos seus ‘amigos secretários’ que usaram contra ele. Vazamentos de e-mails, compras de gramas esmeraldas, superfaturamento de lonas e a demorada ação eficaz contra a dengue (que já matou oficialmente oito pessoas), foram algumas das pedradas. 
Por ser um comunicador nato, o mínimo de que os habitantes daquele vilarejo esperava era uma explicação, mas, o silêncio causou-lhes grande espanto. 
Já os jornais impressos cumprindo seu papel principal de noticiar, publicou as informações contidas nas tais pedras, deixando-o profundamente exasperado e pensativo – É amigo ou inimigo? Afinal de contas no dia da mentira publicar uma verdade? – ‘Dengue’ vira ação no Ministério Público.  
Na naquela semana não seria o único infortúnio, pois, um grande jornal da região repercutiu a instalação de um inquérito civil pelo Ministério Público para apurar possíveis  irregularidades na contratação de procuradores jurídicos pelo município e pela Câmara e também de funcionário para o cargo de assessor de imprensa do Legislativo, sem a realização de concurso público, onde o MP considerou: 

“Considerando que há necessidade de melhor apuração dos fatos para a tomada de providências cabíveis, inclusive a eventual propositura de ação de responsabilidade civil e/ou de ação criminal em face dos responsáveis (…) o Ministério Público resolve instaurar inquérito civil com a finalidade de apurar os fatos acima descritos em todas as suas circunstâncias”. 

Pois bem, a Câmara Municipal da terra da Rainha Chica terá o prazo de 30 dias, para enviar ao Ministério Público cópia da lei municipal que criou o cargo de assessor jurídico e de imprensa, bem como suas atribuições e quem ocupa essas funções atualmente. 
Após três anos, o silêncio já virou atributo, mostrando-nos a cada dia que as pedras contém suas verdades. E como já disse um pensador: “Amigos, se na sua cidade tiver algum político que já disse ter sido engraxate em rodoviária – atenção – fuja e nunca mais pense em votar nele“. 

POSSÍVEIS IRREGULARIDADES NA PREFEITURA DE PENÁPOLIS

Os vereadores Luís Antonio Alves de Oliveira,  Francisco José Mendes (PSDB) e Ricardinho Castilho (PV), para evitarem o risco de uma nova solicitação de abertura de CEI (Comissão Especial de Inquérito), ser rejeitada por seus pares na Câmara Municipal de Penápolis, como ocorreu no caso da grama esmeralda, que culminou com a demissão de um secretário, protocolaram a denúncia diretamente ao Ministério Público pedindo a investigação de supostas irregularidades na aquisição de lonas e adesivos realizada pela prefeitura. 
Os parlamentares apontam dúvidas se os materiais de fato foram adquiridos conforme metragem constante em notas, pois, a administração municipal paga mensalmente valores superiores aos estipulados  em contrato com uma gráfica. 
Os três realizaram medições em alguns prédios públicos municipais e verificaram que o tanto de lonas e adesivos não era condizente com os constados em notas fiscais pagos à empresa. 
Um dos casos ocorreu no Instituto de Profissões,  na  Av.  Antônio Veronese, em que a nota fiscal tem  o pagamento de 620 metros quadrados de lonas e 145 metros quadrados de adesivos para carros. In loco verificaram que não havia mais que 30 metros quadrados de lonas. 
De acordo com os vereadores o Instituto de Profissões não possui carro próprio, portanto não teria nenhuma possibilidade de utilizar adesivos.  Todavia, os valores foram pagos à gráfica, sendo que, o valor pago por metro quadrado é de R$ 15,00. 
A quantidade de lonas e adesivos adquiridos mensalmente pela prefeitura extrapola o que está previsto em contrato. Além do MP, os vereadores encaminharão denúncias ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.
***Com informações da Assessoria da Câmara Municipal de Penápolis