Butantan libera 1,5 milhão de doses da Coronavac; entrega pode chegar a 46 milhões em abril

O instituto Butantan liberou, na manhã dessa segunda-feira (12), mais 1,5 milhão de doses da vacina Coronavac, para uso em todo o território brasileiro, dentro do Plano Nacional de Imunização (PNI). O governador de São Paulo, João Dória, acompanhou o envio.

“Todo dia em que entregamos mais vacinas representa um dia de esperança para todos nós. Agora são 39,7 milhões de doses da vacina da vida, da vacina que São Paulo oferece ao Brasil através do Instituto Butantan. Isso nos enche de alegria”, destacou Doria.

De acordo com o Instituto, já foram entregues 39,7 milhões ao PNI, sendo que, somente em abril foram 3,5 milhões. O total de envios corresponde a 86,3% das 46 milhões de doses acordadas até 30/04 no primeiro contrato com o Ministério da Saúde.

Atualmente, mais de 80% das vacinas disponíveis no país contra a COVID-19 são do Butantan.

INSUMOS

O Instituto Butantan receberá até 20 de abril, da biofarmacêutica Sinovac, uma nova remessa de insumos de 3 mil litros para o processamento de mais 5 milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus, garantindo, assim a entrega contratual prevista ao PNI.

Um segundo carregamento deverá chegar ainda em abril, com mais 3 mil litros, totalizando 10 milhões de doses em IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) no mês.
O Butantan ainda trabalha para entregar outras 54 milhões de doses para vacinação dos brasileiros até o dia 30 de agosto, totalizando 100 milhões de unidades.

(Com informações da AI/Instituto Butantan)

Câmara de Penápolis suspende acesso à público e vota apenas projetos de lei

A presidente do Poder Legislativo Municipal, Letícia Sader (MDB), assinou portaria suspendendo acesso do público às galerias do plenário da Câmara de Vereadores de Penápolis durante as sessões ordinárias e extraordinárias até o próximo dia 15 de março.

A medida que inicia nesta segunda-feira (8), reduz também a pauta das sessões apenas à Ordem do Dia – momento em que há discussão e votação dos projetos de lei, como também, o início das sessões.

“Pelas particularidades do momento, especialmente a de recomendação de restrição de circulação depois das 20h00, o início de sessão fica antecipado para às 19h00, com limitação da pauta à apreciação, discussão e votação da “ordem do dia”, explica o artigo 3 da portaria assinada pela presidente Letícia Sader.

De acordo com Sader, o momento é de convergir esforços para a contenção da propagação do vírus da Covid-19, evitando aglomeração de pessoas em espaços públicos, especialmente, em recintos fechados, o que potencializa a transmissão da doença e os riscos de epidemia.

A presidente levou em consideração a regressão à fase vermelha em todo o Estado de São Paulo anunciada pelo governador João Dória Jr. (PSDB) durante os próximos 14 dias, bem como, o controle do fluxo de público em outros poderes.

IMPRENSA

A suspensão não afeta os representantes da imprensa que poderão acompanhar as sessões legislativas dos próximos dias 8 e 15 de março. Contudo, será permitida a presença de apenas um representante de cada órgão da imprensa local.

Penápolis receberá 3 respiradores do Governo de São Paulo

O Governo do Estado de São Paulo anunciou no início da tarde dessa terça-feira (14), que enviará à Penápolis, três respiradores para os leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Centro de Referência do Covid-19. A informação foi dada pelo Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, durante a coletiva de imprensa da Secretaria de Saúde e do Comitê de Contingência do Coronavírus.

Segundo o governo, nesta semana, São Paulo irá distribuir mais 179 respiradores para hospitais de 45 cidades localizadas no interior e na Grande São Paulo, permitindo a abertura de novos leitos de UTI e, assim, garantindo atendimento a casos graves provocados pelo novo coronavírus.

“O total de respiradores colocados nos municípios no estado de São Paulo já supera os 2.500, o que possibilitou mais do que dobrar a nossa capacidade hospitalar de leitos de UTI”, afirmou Marco Vinholi, Secretário de Desenvolvimento Regional.

A região de Araçatuba contará com mais 14 equipamentos. As Santas Casas de Araçatuba e Birigui receberão cinco cada; outros três vão para o Hospital de Campanha de Penápolis e um para a Santa Casa de Pereira Barreto.

O Governo explica ainda que a distribuição é técnica e feita para locais com maior demanda de internações por COVID-19 e estrutura para novos leitos, permitindo ampliação da capacidade de atendimento da rede pública de saúde.

Para enfrentamento à pandemia, o estado de São Paulo dobrou o número de leitos de terapia intensiva no SUS, ultrapassando 8 mil leitos do tipo. Com a chegada de mais respiradores, a rede segue em franca expansão.

CIDADES BENEFICIADAS

A destinação será feita a serviços localizados em dez Departamentos Regionais de Saúde (DRSs). À região de Campinas, serão 11 equipamentos, sendo 5 para o Hospital de Campanha de Sumaré, 4 para a Santa Casa de Valinhos e 2 para a Prefeitura de Monte Alegre. No Hospital Regional de Piracicaba, 12 respiradores permitirão a abertura de 12 novos leitos de UTI.

A região de Sorocaba receberá 25 ventiladores pulmonares para fortalecimento da rede hospitalar, sendo nove para Unidades de Pronto Atendimento do município de Sorocaba, 11 para o Hospital e Maternidade Municipal de Salto, 3 à Prefeitura de Itaberá e 2 para a Santa Casa de Cerquilho.

Para o Vale do Paraíba serão 50 respiradores, no total. O Hospital de Campanha de Caraguatatuba e as Santas Casas de Cruzeiro e de Lorena receberão dez unidades cada, e também contarão com o reforço as Santas Casas de Aparecida (7), Guaratinguetá (6) e o Hospital Frei Galvão, também em Guaratinguetá.

Juntas, Marília e Bauru receberão oito equipamentos para os hospitais Santa Luzia de Duartina (2), Prefeitura de Piraju (3) e as Santas Casa de Pompeia (2) e Parapuã (1).

Ainda no interior, a Santa Casa de Barretos contará com dez respiradores e outro equipamento será enviado ao Pronto-Socorro de Gavião Peixoto, localizado na região de Araraquara.

Para a região de São José de Rio Preto, irão mais 38 ventiladores, sendo 17 para hospitais municipais e 21 para hospitais filantrópicos. Na cidade homônima, o destino dos aparelhos será a Santa Casa de São José do Rio Preto (2), os Pronto-Socorros Vila Toninho (2) e Santo Antonio (2), e as UPAs Tangará Estoril (2), Jaguaré (2) e Região Norte (2). Outros serviços regionais contemplados são as Santas Casas de Novo Horizonte (4), Aparecida D’Oeste (1), Estrela D’Oeste (1), Ibirá (1), José Bonifácio (1), Nova Granada (1), Palmeira D’Oeste (1), Riolândia (1), Tanabi (1), Indiaporã (1). Também receberão respiradores o Pronto Atendimento Fortunata Pozobom, de Votuporanga (2); Hospital São José, de Itajobi (1), Hospital Nossa Senhora Divina Providência de Jaci (1), UPA de Mirassol (3), Hospital São Domingos de Nhandeara (1), Hospital João Veloso de Ouroeste (1); Hospital Assistencial de Potirendaba (1), Pronto Atendimento de Sales (1), Hospital Maria Vale Pereira de Tabapuã (1) e Hospital São Lourenço de Urupês (1).

Na Grande São Paulo, dez equipamentos serão instalados no Centro Especializado em Reabilitação Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti, e dois na Santa Casa de Pompeia. “O estado já recebeu até aqui 3.345 respiradores, parte deles por meio de doação. Seguimos ampliando a liberação de respiradores para todo o estado, fortalecendo a rede assistencial”, afirmou o Secretário Executivo de Estado da Saúde, Eduardo Ribeiro Adriano. (Com informações do Governo do Estado de São Paulo).

Em 24 horas, números de notificações do Coronavírus saltam de 176 para 867 em Penápolis

Uma semana após noticiarmos que a Gestão Célio e Feltrin omitiam dados sobre o novo Coronavírus em Penápolis, a Secretaria Municipal de Saúde modificou a forma de notificar as informações de novos casos da doença no município.

Agora, de acordo com o novo Boletim do Coronavírus as notificações saltaram quase 400% desse domingo, 12, para essa segunda-feira, 13. Foram exatas 691 novas notificações. Ao todo, são 867 notificações, sendo 419 negativos, 186 descartados, 178 aguardando resultado e 84 positivos.

Segundo o secretário de saúde – que coronel da polícia e não é médico, né? – Wilson Carlos Braz, os números são a partir do último dia 26 de junho quando “iniciou” os exames em todas as pessoas sintomáticas, bem como, nas assintomáticas de grupos específicos como profissionais da saúde e da segurança pública.

Matéria está sendo atualizada…

A Santa Casa tem espaço para receber os leitos do Centro de Referência? Sim, responde diretor clínico do hospital.

O diretor clínico da Santa Casa de Misericórdia de Penápolis, Dr. Sidnei Albergard, afirmou na noite dessa segunda-feira (27), que o centenário hospital tem condições de receber os 10 leitos de UTI Adulto e 20 leitos clínicos do Centro de Referência do Covid-19.

Após o presidente da Câmara de Vereadores, Dr. Ivan Eid Sammarco (DEM), perguntar sobre se a Santa Casa teria espaço para receber o Centro de Referência, o diretor respondeu “Sim”.

Os diretores clínico e técnico da Santa Casa de Misericórdia participaram da sessão ordinária do Poder Legislativo, como convidados especiais para responderem questionamentos técnicos sobre a própria Santa Casa.

No inicio dos questionamentos, Dr. Albergard disse que logo após começou os primeiros casos do Covid-19 em São Paulo, a equipe médica da Santa Casa elaborou protocolo para melhor conter o vírus. “Antes mesmo da história do hospital, nós já havíamos nos adaptado para receber a possível demanda”, explica o diretor clínico.

LEITOS

Segundo o diretor clínico, a Santa Casa possui 46 leitos na ala “B”; 8 leitos na pediatria podendo ampliar para 10 e se caso for necessária, mais 36 leitos da ala particular, totalizando 92 leitos disponíveis. Além dos 10 leitos de UTI adultos já credenciados no hospital. “Hoje a quantidade de leitos supre as necessidades da Santa Casa. Mas vale lembrar, hoje”, explica o diretor.

Imagem/Câmara de Vereadores de Penápolis

Gabinete de Rodrigo Garcia diz que se necessário irá disponibilizar leitos para Penápolis

O gabinete do vice-governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia (DEM), afirmou na tarde dessa quinta-feira (16), que se necessário poderá disponibilizar os leitos hospitalares para o município de Penápolis. A resposta foi obtida com exclusividade pelo Blog do Faria.

De acordo com o governo, o gabinete do vice-governador e a Secretaria de Desenvolvimento Regional receberam a demanda da Prefeitura de Penápolis. Diferente da Secretaria de Saúde do Estado que afirmou nesta terça-feira (14), que a administração municipal não havia enviado o Plano de Trabalho com os custos operacionais para a implantação do Centro de Referência do Covid-19.

Ainda de acordo com o gabinete, os novos leitos para tratamento de indivíduos com sintomas de Covid-19 constam no Plano de Contingência Regional da Diretoria Regional de Saúde de Araçatuba. “Se necessário, poderemos sim vir a disponibilizar tais leitos hospitalares em Penápolis, a possibilidade consta do referido Plano”, salienta a nota.

PLANO

De acordo com o governo estadual, o Plano de Contingência para o enfrentamento da pandemia de Covid-19 visa contribuir para a otimização dos recursos disponíveis e ampliar a capacidade de atendimento mediante ações de saúde voltadas à identificação, notificação e manejo oportuno de casos suspeitos de infecção pelo novo Coronavírus, bem como a prevenção e atenção ao paciente de forma compartilhada entre gestores de instituições públicas municipais e estaduais e prestadores de serviços de saúde.

LEITOS

O que o Blog do Faria apurou é que o Plano de Contingência Regional da Diretoria Regional de Saúde de Araçatuba (DRS II) traz, entre outras informações, os números de casos registrados, bem como, as suas projeções e os números de leitos disponíveis atualmente, os números de leitos para o funcionamento para habitação imediata, bem como, aqueles que estão em fase de estruturação, para funcionamento e habilitação posterior – que são os casos dos atuais 30 leitos, sendo 10 de UTI e 20 de enfermaria.

De acordo com a relação de unidades hospitalares e quantitativo de leitos clínicos e de UTI existentes e para ampliação, contido na deliberação 26 da Comissão Integestores Bipartite (CIB), da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, a Santa Casa de Penápolis possui 74 leitos clínicos, sendo 52 do SUS (Sistema Único de Saúde), podendo ampliar em mais 31 leitos.

Já nos leitos de UTI Adulto, o hospital possuía 8 leitos, todos do SUS e foi ampliado em mais dois recentemente, totalizando 10 leitos de UTI. Além disso, conta no documento, a ampliação de 10 novos leitos, contudo requer equipamento ou Recursos Humanos.

Empresário com Coronavírus morre na Santa Casa de Penápolis

O empresário Mário Salem, de 53 anos, que estava internado na UTI da Santa Casa de Misericórdia de Penápolis, por Coronavírus (Covid-19) morreu na noite dessa sexta-feira (03) A informação foi publicada por uma prima do paciente em numa rede social.

A confirmação de que ele havia contraído a doença foi divulgada na última sexta-feira (27), quando ele foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva do hospital, sendo inclusive entubado. Ele havia dado entrada no hospital no domingo, 22 de março.

O exame foi coletado em 23 de março, às 10h30, tendo o resultado disponibilizado pelo Instituto Adolfo Lutz que testou positivo para SARS – Cov 2.

De acordo com informações repassadas por familiares do paciente, ele esteve em viajem em um cruzeiro. Todas as pessoas que tiveram contato com o paciente permanecem em quarentena e recebendo todas as orientações da Secretaria Municipal de Saúde.

Paciente que Prefeitura informa estar hospitalizada com suspeita de Covid-19, não foi atestada com a doença

A paciente hospitalizada que a administração municipal classificou estar com suspeita de Coronavírus (Covid-19), não foi atestada com a doença. A informação é da assessoria de imprensa da Santa Casa de Araçatuba, para onde a criança de quatro anos foi encaminhada, na noite dessa segunda-feira (16).

A nota oficial da Prefeitura de Penápolis, encaminhada à imprensa, informava que uma paciente, moradora de um município da comarca, estava hospitalizada com a suspeita do Covid-19.

Contudo o Serviço de Vigilância Hospitalar, da Santa Casa de Araçatuba, descartou a possibilidade de a criança ter contraído a doença. “A criança teve um desconforto de tosse, a mãe ficou assustado, porque esteve em São Paulo há 14 dias. A criança passou por duas avaliações e as duas foram descartadas e nem entrou na notificação de suspeito”, explica a assessoria do hospital.

Já as outras quatro suspeitas estão em isolamento domiciliar seguindo recomendações protocolares.

AFASTAMENTO

Na manhã dessa terça-feira (17), o Sindicato dos Servidores Públicos de Penápolis, solicitou à Prefeitura que empregados públicos que se incluem no grupo de risco – hipertensos, asmáticos, diabéticos, em tratamento de câncer e com idade acima de 50 e 60 anos possam ser afastados sem prejuízo de remuneração até que restabeleça a normalidade.

De acordo com o Gabinete de Gerenciamento de Crise – Coronavírus, o servidor que pleitear o afastamento deverá apresentar a avaliação médica, bem como, atestado médico com o CID (Código de Identificação da Doença) e perícia médica.

“Neste primeiro momento, não afastaremos os funcionários nessas condições mencionadas. Eles poderão facultando-lhes as busca por perícia médica, para obterem suas licenças regulares”, explica o Secretário de Planejamento Coronel Daniel Rodrigueiro.

Rodrigueiro salienta ainda que a crise é dinâmica. “a cada momento tudo se modifica. Pode ser que num outro momento, possamos emitir outros decretos, com novas alterações, por isso que eu como coordenador do Gabinete de Gerenciamento de Crise, estou em constantes reuniões, para o monitoramento do quadro”, finaliza ele.

Penápolis registra cinco casos suspeitos de Coronavírus

A Prefeitura de Penápolis confirmou, no início da tarde dessa terça-feira (17), cinco casos suspeitos de Coronavírus no município. Um dos pacientes encontra-se hospitalizados. Trata-se de um residente em uma cidade da comarca e que foi atendido pelo Pronto Socorro de Penápolis. A administração não informou a idade, o sexo e nem a cidade onde mora. Já os outros quatro suspeitos estão em isolamento domiciliar seguindo recomendações protocolares.

De acordo com a nota enviada pela assessoria de imprensa, o Gabinete de Gerenciamento de Crise – Coronavírus, informou também que os servidores municipais que se enquadrem nas condições de gestação, idade acima de 60 anos, cardiopatas e portadores de asma e outras patologias respiratórias, que busquem, facultativamente, avaliação médica para requerer afastamento das atividades profissionais.

Neste caso é necessária avaliação e atestado médico com CID (Código de Identificação da Doença) e perícia médica.