fbpx

PITACOS #28

Liderança
A sessão da Câmara de Vereadores nesta segunda-feira (21), caminhava para uma sessão chata, sem nenhuma novidade, quando eis que surge o vereador Caíque Rossi (PSD), propondo ao também vereador Dr. Rodolfo (PROS), que abrisse mão da liderança do governo na Câmara para um dos vereadores do PSDB – partido agora do Prefeito Célio de Oliveira.
Surpresa
Pegaram todos de surpresa, vereadores e população presente na Câmara. Tanto é que teve parlamentares petistas aplaudindo o pedido do Caíque Rossi e outros que davam risadas sem entender o porque desse pedido, afinal de contas, Dr. Rodolfo é fiel ao prefeito Célio de Oliveira. Mesmo assim, ele colocou a disposição a função caso o prefeito e seu novo partido deseja assumir o posto.
Emendas
Durante a sessão, o presidente da casa Alexandre Gil (PT), conclamou os vereadores a criarem emendas ao orçamento de 2016, que será votado em breve pela Câmara. Segundo ele, houve uma conversa entre os parlamentares e a Secretária de Finanças Maria Emília que lhes explicaram como fazer uma emenda ao projeto sem ferir a legislação. Já faz tempo que não a uma emenda parlamentar em orçamentos municipais.
Candidato
Ainda durante a sessão, tive a oportunidade de brincar com o Ricardinho Castilho (PV), de quem deveria ser o candidato a prefeito do Partido Verde, era seu pai Ricardo Castilho, que já fora ‘alcaide’ nos idos dos anos 1970. Dr. Ricardo já falou publicamente que foi o responsável pelas as eleições de 2008 e 2012, para João Luís (PT) e Célio de Oliveira (na época pelo PSD). Não está na hora de ganhar uma eleição, sendo ele o candidato a prefeito?
CISA
E na próxima terça-feira, 29, a partir das 19h30, a Câmara Municipal realizará audiência pública sobre o possível fechamento do Consórcio Intermunicipal de Saúde. Foram convidados representantes da direção do CISA, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Conselho Municipal de Saúde e vereadores e prefeitos dos municípios integrantes do consórcio.
Poeta
Em julho do ano passado, eu tinha a honra de conversar com o professor de matemática, Maurílio Machi, que se aventura brilhantemente pelo mundo poético das palavras. Na oportunidade ele apresentara ” Acolhimento ou Recuso”, o livro que seria lançada na Bienal do Livro em São Paulo. Infelizmente nesta semana, a vida e seus desígnios o tirou de nós. Mas seu legado e suas obras ficaram para relembramos com carinho desse grande homem.
Contradições
Ele dizia gostar das contradições, pois, todos nós somos contraditórios o tempo todo. Como pode perceber no poema Fábula de “Faces e Fases” –
“Por detrás do muro/ Espreita a vida/ Não a sua vida/ Mas, talvez a vida que gostaria de ter/ A vida que não viveu/ Que não vive/ E que possivelmente/ Não viverá”.
Sarau
E no dia 1 de Outubro, Penápolis participa do Desafio “Dia de Ler, Todo dia!”, uma mobilização nacional pela leitura. Durante todo, das 09h às 21h, a página no Facebook da Biblioteca Fausto Ribeiro Penápolis, receberá fotos e vídeos de pessoas sozinhas ou em grupo lendo seus livros preferidos, contando pontos para a cidade. Como prêmio, o município ganhará um kit de livros novinhos para as duas bibliotecas municipais. Para encerrar as atividades do dia, a partir das 19h, terá o Sarau na Biblioteca Municipal ” Prof. Fausto Ribeiro de Barros”. Estão todos convidados.
Picadeiro
A Praça Dr. Carlos Sampaio Filho, será palco hoje (25), a partir das 20h, do espetáculo “Metro y Medio”, com a palhaça Maku Jarrak. É um espetáculo que emociona através da expressão corporal e da comunicação cômica, provando que o humor é universal. Ela é dirigida por um dos mais referentes palhaços latino-americano, o Payaso Chacovachi (que esteve em Penápolis durante o Circuito Sesc de Artes). O evento é uma promoção do Governo do Estado de São Paulo, através do Circuito Cultural Paulista.
Doações
Publicamos durante a semana aqui no INTERIOR que os adolescentes do Interact Club de Penápolis iniciaram uma campanha de arrecadação de alimentos, de produtos de limpeza e de materiais em geral para doar aos desabrigados de Panorama, município distante a 220 km de Penápolis. A arrecadação vai até o dia 14 de outubro, podendo ser entregues as doações a um dos interactianos.
Piloto
Estão abertas as inscrições no Aero Clube de Penápolis, o Curso Teórico de Piloto Privado. O curso é o primeiro passo para quem deseja se tornar um piloto de avião. No final desta primeira etapa o aluno se submeterá a uma prova teórica da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). Caso seja aprovado, estará apto a concluir o treinamento prático. O inicio será dia 15 de outubro. Maiores informações: 3652 2617 e aeroclubepenapolis@gmail.com.
Alguma sugestão, crítica ou elogio mande para ricardo@ricardofaria.com.br. E acesse: www.ricardofaria.com.br

AINDA PODEMOS ACREDITAR NO BOM SENSO!

Mais uma vez os vereadores do PSDB – Francisco José Mendes, Luiz Antônio Alves de Oliveira e Fábio Pereira da Silva, mostraram de que lado eles estão. É lógico, contra o povo.
Eles tentaram de todas as formas aprovar um projeto que censura os cidadãos penapolenses de usar a tribuna mais de uma vez dentro de um mês.
Mas, o bom senso dos vereadores – eleitos pelo povo – falou mais alto. É inadmissível que tal descalabro acontecesse. Não podemos pagar a conta por causa de um ‘caboclo’ que usa demasiadamente o espaço para jogar loas ao prefeito.
Aos vereadores que prenunciaram contra esse projeto – Caíque Rossi (PSD), Rogério Pardim (Sem Partido), Lucas Casella, Rodolfo Valadão Ambrósio (PROS) e José Santino (PT), nossos sinceros agradecimentos, lembrando-os que nossa batalha ainda não terminou, pois, esse infortúnio só foi adiado por tempo indeterminado.
PS: O presidente da Câmara, Alexandre Gil de Melo (PT), com o voto de minerva podendo colocar o projeto em pauta e fulminá-lo de vez, decidiu pelo adiamento, protelando ainda mais esse assunto.

PS 1: Os parlamentares que não citei aqui é porque não sei qual era a opinião sobre o projeto.  

Não vão nos calar tão facilmente! 

QUEREM NOS CALAR!

Na noite de hoje (15), a Câmara de Vereadores de Penápolis, projeto de resolução, do vereador Francisco José Mendes, o Tiquinho (PSDB), que suprime o direito do munícipe de voltar a tribuna livre dentro de 30 dias, caso não tenha o número máximo de dois oradores.Isto é querem nos calar!
De acordo com o Regimento Interno, a tribuna livre é o espaço democrático existente nas sessões ordinárias da Câmara, franqueado aos munícipes que, através dela, queiram manifestar-se sobre assunto relevante de interesse coletivo, expondo suas opiniões pessoais.
Atualmente o regimento diz no art. 146 que: “O munícipe que usar da palavra na Tribuna Livre não poderá voltar a fazê-lo dentro dos trinta dias subsequentes”.
Porém do parágrafo único  do artigo existe um dispositivo que permite o munícipe voltar. “Não se aplica o disposto neste artigo se o munícipe, dentro dos trinta dias, inscrever-se para usar da palavra quando não houver o número máximo de dois oradores”.
Isso é: Atualmente, se um munícipe usar a tribuna em uma semana, ele pode voltar na semana seguinte, caso o número de inscritos para usar a tribuna livre não seja maior que duas pessoas.
Agora, caso o projeto de resolução seja aprovada, a oportunidade do munícipe voltar a tribuna livre dentro dos 30 dias será retirada e assim com ela a chance de construir uma cidade melhor.
Para você ter uma ideia, atualmente, o tempo máximo é de 12 minutos para ser divididos em até quatro pessoas. Entretanto, mesmo que haja uma única pessoa, ela terá o tempo máximo de três minutos. Agora, quando a convidados especiais esse tempo diminui para 8 minutos apenas.
Agora você imagina ter que aguardar um mês para expor os problemas da sua cidade? É justamente isso que o Tiquinho quer!
O que você acha disso?

POSSÍVEIS IRREGULARIDADES NA PREFEITURA DE PENÁPOLIS

Os vereadores Luís Antonio Alves de Oliveira,  Francisco José Mendes (PSDB) e Ricardinho Castilho (PV), para evitarem o risco de uma nova solicitação de abertura de CEI (Comissão Especial de Inquérito), ser rejeitada por seus pares na Câmara Municipal de Penápolis, como ocorreu no caso da grama esmeralda, que culminou com a demissão de um secretário, protocolaram a denúncia diretamente ao Ministério Público pedindo a investigação de supostas irregularidades na aquisição de lonas e adesivos realizada pela prefeitura. 
Os parlamentares apontam dúvidas se os materiais de fato foram adquiridos conforme metragem constante em notas, pois, a administração municipal paga mensalmente valores superiores aos estipulados  em contrato com uma gráfica. 
Os três realizaram medições em alguns prédios públicos municipais e verificaram que o tanto de lonas e adesivos não era condizente com os constados em notas fiscais pagos à empresa. 
Um dos casos ocorreu no Instituto de Profissões,  na  Av.  Antônio Veronese, em que a nota fiscal tem  o pagamento de 620 metros quadrados de lonas e 145 metros quadrados de adesivos para carros. In loco verificaram que não havia mais que 30 metros quadrados de lonas. 
De acordo com os vereadores o Instituto de Profissões não possui carro próprio, portanto não teria nenhuma possibilidade de utilizar adesivos.  Todavia, os valores foram pagos à gráfica, sendo que, o valor pago por metro quadrado é de R$ 15,00. 
A quantidade de lonas e adesivos adquiridos mensalmente pela prefeitura extrapola o que está previsto em contrato. Além do MP, os vereadores encaminharão denúncias ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.
***Com informações da Assessoria da Câmara Municipal de Penápolis

WikiCâmara: Veja os projetos que entrarão na pauta desta segunda-feira, 10.

Na segunda-feira, 10, entram na pauta de discussão da Câmara Municipal de Penápolis, três projetos enviados pela administração municipal. O primeiro deles é a doação do terreno que atualmente abriga a escola SESI para a União, com o objetivo de instalar um polo do Instituto Federal de São Paulo. 
Na mensagem à Câmara, o prefeito Célio de Oliveira lembrou a importância de ter instalada no município uma respeitável entidade educacional. E ressaltou dizendo:  “Todavia, caso isso não venha se concretizar, corremos o risco de não desfrutarmos desse importante Instituto em nosso município”. Salienta. 
Veja o teor completo do projeto
Comodato
O segundo projeto da pauta será a concessão de um terreno para a empresa R&G Suprimentos para Computação Gráfica, pelo prazo de 15 anos.  Segundo a mensagem otimista do prefeito Célio de Oliveira que diz: “[…] na condição de representantes do Poder Público Local, devemos dar total incentivo, a fim de oportunizar à referida empresa a realização de novas contratações, que certamente acontecerão num período muito curto […]”. Na mensagem o prefeito lembra também que o terreno está fora dos perímetros destinados ao Parque Industrial. 
Veja o teor completo do projeto
Minha Penápolis 
O terceiro e último projeto da noite autoriza o Poder Público a doar verbas, para a premiação do concurso cultural “Minha Penápolis”. O evento realizou-se entre os dias 11 e 28 de novembro de 2013 e somente agora, mais de dois meses após a realização, é que o Poder Público pede autorização para a Câmara Municipal para efetuar a premiação dos vencedores. Os valores estipulados foram: 1º Lugar – R$ 1.500,00; 2º lugar – R$ 1.000,00 e 3º lugar – R$ 500,00. 
Na mensagem da prefeitura, diz que as referidas obras serão transformadas em “mimos” para que a administração possa agraciar visitantes ilustres.
Depois dessa, fica a pergunta: Será que a ministra Marta Suplicy recebeu um desses “mimos” que a administração tem para oferecer? 
Veja o teor completo do projeto

WikiCâmara: Prefeito Célio de Oliveira responde sobre possíveis denúncias em seu governo

Na última segunda-feira, 03, o prefeito Célio de Oliveira esteve na Câmara Municipal de Penápolis para explanar sobre o trabalho desenvolvido no primeiro ano de governo [aquele mesmo que estendeu por mais dois dias]
Na oportunidade, o vereador Alexandre Gil [PT] o questionou sobre as possíveis denúncias que assola o seu governo. 
Veja a resposta do prefeito Célio de Oliveira, no primeiro vídeo da série WikiCâmara

Campanha Adote um vereador!

Por Ricardo Faria

Vereadores na sessão da Câmara Municipal de Penápolis
Na última sexta-feira (06), a assessoria de imprensa, da Câmara Municipal de Penápolis, publicou um balanço das atividades do ano de 2011. Segundo a matéria https://migre.me/7vqd9, foram discutidos mais de 100 projetos, foram apresentados quase 400 requerimentos, mais de 550 indicações e mais de 160 moções. Na reportagem, a assessoria também publicou o quanto a Câmara devolveu a Prefeitura Municipal, foram mais de 320 mil reais.

O que a matéria não explicou é que no final de cada ano, a Câmara é obrigada a devolver o dinheiro “economizado” durante os meses de 2011.  Destacamos a palavra economizado, pois a própria Câmara não disponibiliza em seu site, os gastos de toda o legislativo como: Gastos com funcionários, valores de gastos com mobiliário (que por sinal trocam todos os anos), bem como, a troca das gramas na frente da Casa Legislativa. 

Os únicos dados disponíveis são: Os gastos de cada vereador com as viagens, além de, telefone e Correios. Há também a divulgação dos projetos, requerimentos, indicações e moções de cada edil. 

Motivado pela reportagem, buscamos detalhar as informações que contém no site da Câmara, como a quantidade de projetos, requerimentos, indicações e moções de cada vereador. O que analisamos está registrada na planilha, que está disponível para download neste link https://migre.me/7vtbU.

Algumas informações chamam a atenção, os vereadores Célio de Oliveira (PSD) e José Carlos de Aguirre Monteiro (PT), estão desde 2009 sem aprovar nenhum projeto. Se contabilizarmos mais requerimentos, indicações e moções, o vereador do PSD, entra na lista como o vereador que menos produziu na Câmara Vereadores de Penápolis no ano de 2011.

O vereador Célio de Oliveira, pode estar entre os menos produtivos, mas dá lição na hora de gastar o dinheiro público. Está na lista de vereadores que menos gastaram com telefone, no ano passado. Está em 4º com R$ 19,97, antecedido por Zeca Monteiro (PT) em 3º com R$ 15,54, por Nardão Sacomani (DEM), na 2º colocação com R$ 2,16 e o mais econômico vereador, o primeiro da lista com R$0,00, o Dr. Rodolfo (PV).  Já na lista de gastão, está o vereador Caíque Rossi (PSD) com R$ 3.203, 20. Se somarmos os gastos de telefone de todos os outros vereadores não atingi o valor que o vereador gastou sozinho.

Na lista de gastos de viagens, analisamos algumas curiosidades. Vocês sabiam que a diária de um vereador em viagem é de R$159,69? E que teve vereador que foi para São Paulo duas vezes fazer curso de padaria artesanal? 

O vereador que mais gastou em viagens foi o edil Hugo Crepaldi (PDT) com R$ 6.747,69, em segundo, o presidente da câmara, Nardão Sacomani (DEM) com R$ 5.073,33. O vereador Zeca Monteiro (PT) é o vereador mais barato do legislativo, pois neste ano, não gastou nada em viagens. Outro que tem destaque também é vereador Tiquinho (PSDB) que gastou menos de 100,00 reais em viagens. 

Então fique de olho neste ano de eleição e entre na campanha ADOTE UM VEREADOR! E acompanhe o que ele está fazendo com a nossa cidade. Eu já adotei o meu e você?

Vereadores da 22ª legislatura | 2009 – 2012

Caíque Rossi (PSD) https://migre.me/7vsH2
Célio de Oliveira (PSD) https://migre.me/7vsHW
Tiquinho (PSDB) https://migre.me/7vsJn
Hugo Crepaldi (PDT) https://migre.me/7vsLY
Joaquim da Delegacia (PDT) https://migre.me/7vsNo
Zeca Monteiro (PT) https://migre.me/7vsOW
Prof. Luiz (PSDB) https://migre.me/7vsR5
Nardão Sacomani (DEM) https://migre.me/7vsSn
Ricardinho Castilho (PV) https://migre.me/7vsTP
Dr. Rodolfo (PV) https://migre.me/7vsVM

apoie o jornalismo independente